Details

Estudo da geração, transporte e avaliação geotécnica do sítio de disposição dos RSU do município de Rio Quente - GO

by Pereira, Valter Evangelista

Abstract (Summary)
Este trabalho apresenta um estudo da geração e transporte dos RSU (Resíduos sólidosurbanos) do município de Rio Quente - GO e avaliação geotécnica da adequabilidade daárea de disposição, com o objetivo de orientar o poder público na gestão dos RSU e naelaboração de um projeto eficiente para a sua disposição e conseqüente redução dosimpactos ambientais. A área estudada localiza-se no município de Rio Quente, Estado deGoiás, região Centro-Oeste do Brasil, abrangendo uma superfície total de 4,84 hectares,onde também se insere o atual lixão do município. Foi feita uma pesquisa durante seismeses quanto ao número de viagens diárias, sete pesagens, com separação dos RSU secos eúmidos direcionados ao lixão e um levantamento dos RSU previamente selecionados pelaempresa Companhia Thermas do Rio Quente. O volume gerado de RSU produzido é de5,632 ton/dia com uma densidade média solta de 112,52 kg/m3. Desse total, realiza-se umaseleção de 37% da massa total de RSU pelo RQR. Assim, 63% dos RSU são dispostos naatual área do lixão. Os RSU do município possuem de 67% a 75% de material úmido emsua composição. São realizadas, em média, 4,06 viagens/dia, percorrendo em média 26,39km/viagem. A avaliação da adequabilidade da área do atual lixão para disposição de RSUteve como ponto de partida a metodologia do Instituto Brasileiro de AdministraçãoMunicipal (2001) voltada à seleção de áreas para disposição de RSU. Foram considerados35 atributos do meio físico relativos ao relevo, geologia, clima, hidrologia, águasubterrânea, direção preferencial dos ventos e outros, obtidos por meio de investigaçõesgeotécnicas e ensaios de campo e de laboratório. Os critérios de restrições ambientaisempregados envolvem todos os exigidos pela Agência Goiâna do Meio Ambiente (2007),além de outros cinco sugeridos pelo Instituto de Pesquisas Tecnológicas de São Paulo(1995, 2000) e quinze por Zuquette e Gandolfi (2004). A adequabilidade da área atingiuum nível de 79 % do ideal. Foi proposto um anteprojeto de aterro sanitário e calculada avida útil da atual área para cinco cenários, variando-se a população fixa e flutuante e as condições de seletividade. A vida útil pode variar de seis anos e onze meses até dezesseisanos e sete meses. Com base nos resultados dessa pesquisa, foram elaboradas diretrizespara orientar o gerenciamento dos RSU no município de forma a minimizar os impactosambientais.
This document abstract is also available in English.
Bibliographical Information:

Advisor:Luiz Nishiyama; Maria Elisa Borges Rezende; Ana Luiza Ferreira Campos Maragno; Reinaldo Lorandi

School:Universidade Federal de Uberlândia

School Location:Brazil

Source Type:Master's Thesis

Keywords:Rio quente Resíduos sólidos urbanos Aterro sanitário Caracterização de RSU Avaliação geotécnica ENGENHARIA CIVIL industriais ? Quente (GO)

ISBN:

Date of Publication:07/14/2008

© 2009 OpenThesis.org. All Rights Reserved.