Details

Estudo da permeabilidade intestinal em pacientes com tuberculose pulmonar ativa

by Ferreira Pinheiro, Valéria Góes

Abstract (Summary)
Níveis subterapêuticos de drogas antimicobacterianas têm sido observados no curso do tratamento de pacientes com tuberculose e nos co-infectados TB/HIV e podem facilitar o surgimento de cepas de M. tuberculosis resistentes às drogas. A mal-absorção intestinal inclue-se entre as prováveis causas e tem sido descrita em tuberculosos desnutridos, alcoólatras, diabéticos, aidéticos ou com patologias gastrointestinais associadas. Estudos da permeabilidade intestinal permitem a avaliação da função intestinal em várias doenças, mas têm sido escassos na tuberculose. O teste da lactulose / manitol tem sido utilizado como critério de lesão com déficit absortivo da mucosa intestinal e pode ser de utilidade no prognóstico da absorção intestinal de drogas em pacientes com tuberculose. Foram estudados 41 pacientes (30H e 11M). A coleta dos dados foi realizada no Hospital de Maracanaú, Fortaleza-CE, em 2001. Procedeu-se descrição clínica, social e laboratorial do grupo de pacientes e estudo piloto de observação utilizando o teste da lactulose / manitol em 40 pacientes com tuberculose pulmonar ativa, comparando com grupo controle de 28 voluntários sadios objetivando estudar a permeabilidade intestinal. Testes de sensibilidade às drogas antituberculose, pelo método das proporções indireto, foram realizados em 20 pacientes com cultura de escarro positivas. O grau de nutrição avaliado através do Índice de Massa Corpórea (IMC) e o nível sérico das drogas foram correlacionados com os valores da permeabilidade intestinal. Cinqüenta e nove por cento (24 pacientes) foram considerados desnutridos pelo IMClt;18,5 kg/m2, sendo vinte e dois por cento (9 pacientes) considerados severamente desnutridos (IMClt;16 kg/m2). Em 18 pacientes, após 2 h da tomada de 600mg de rifampicina (R) e 400 mg de isoniazida (H) os níveis séricos de R (CRM 2h) e H (CINH 2h) foram analisados por HPLC. A taxa de excreção urinária de manitol (média ± desvio padrão) foi significativamente menor plt;0,001 (9,52 ± 5,70) nos pacientes que dos controles (20,14 ± 10,84). A taxa de excreção de lactulose foi significativamente maior plt;0,05 nos pacientes (0,59 ± 1,79) que nos controles (0,52 ± 0,47) e a razão L/M foi aumentada de forma consistente, embora não significativa pgt;0,05 (0,05 ± 0,10 pacientes contra 0,02 ± 0,02 controles). Considerando a faixa terapêutica da R (8-24 mcg/mL ) e da H (3-6 mcg/mL) observamos que as CRM2h e CINH2h em 16/18 (88,8%) pacientes não atingiram níveis séricos adequados para as duas drogas. 8/18 (44,4%) pacientes não alcançaram níveis séricos para ambas as drogas simultaneamente. Na análise das drogas isoladas verificamos que em 12/18 (66,7%) pacientes a CRM2h o nível sérico mínimo não foi alcançado (média R =6,47 mcg/mL) e 13/18 (72,2%) a CINH2h também foi reduzida (média H =2,17 mcg/mL). Quanto ao perfil de resistência do M. tuberculosis em cultura de escarro, observamos 4/20 (20%) multirresistentes (3 à R+H e 1 à todas as drogas) e 2/20 (10%) monorresistentes à H sendo 14/20 (70%) amostras consideradas sensíveis às drogas testadas. Os resultados observados sugerem uma intensa redução na área de absorção e lesão da mucosa intestinal nos indivíduos estudados. Os dados são consistentes com a redução na biodisponibilidade de rifampicina e isoniazida e com o estado nutricional destes pacientes. Os dados preliminares recomendam estudos adicionais na avaliação completa da biodisponibilidade das drogas antimicobacterianas em pacientes com tuberculose
This document abstract is also available in English.
Bibliographical Information:

Advisor:Célio Lopes Silva; Jorge Luiz Nobre Rodrigues; Aldo Ângelo Moreira Lima; Fernando Augusto Fiuza de Melo; Helena Serra Azul Monteiro

School:Universidade Federal do Ceará

School Location:Brazil

Source Type:Master's Thesis

Keywords:Ciências da Saúde Tuberculose Pulmonar Permeabilidade Intestinal Biodisponibilidade de Drogas Antituberculose Resistência do M. Tuberculosis às Disponibilidade Biológica

ISBN:

Date of Publication:05/09/2003

© 2009 OpenThesis.org. All Rights Reserved.