Details

Estudo clínico-epidemiológico da síndrome cardiopulmonar por hantavírus na região de Uberlândia-MG, 2006

by Limongi, Jean Ezequiel

Abstract (Summary)
O primeiro objetivo deste trabalho foi descrever aspectos epidemiológicos, clínicos,laboratoriais e terapêuticos de 23 casos de Síndrome Cardiopulmonar por Hantavírus(SCPH) diagnosticados no município de Uberlândia-MG, no período entre agosto de1998 a dezembro de 2005. Todos os parâmetros analisados foram obtidos por meio dosprontuários médicos de cada paciente, arquivados nos hospitais pesquisados e no bancode dados da vigilância epidemiológica municipal. Febre (100%), dispnéia (100%) emialgias (78%) foram os sintomas mais frequentemente observados nesta casuística. Ossinais físicos mais prevalentes foram hipotensão (65%) e taquicardia (65%). Achadoslaboratoriais mais comuns incluíram trombocitopenia (96%), hemoconcentração (83%)e leucocitose (74%). Valores anormais de enzimas hepáticas e alterações emradiografias de tórax foram igualmente freqüentes. Em 55,5% dos pacientes foramnecessários intubação orotraqueal e suporte hemodinâmico. Houve associaçãoestatisticamente significante entre o tipo de assistência respiratória utilizada e asobrevida (p<0,01). A infusão de líquidos intravenosos (p=0,5), assim como o uso deaminas vasoativas (p=0,2) e de corticoesteróides (p=0,6), não apresentaram associaçãocom a sobrevida dos pacientes. O presente estudo confirmou o padrão sazonal da SCPHna região de Uberlândia e o envolvimento, no ciclo de transmissão da doença, de gruposprofissionais considerados de baixo risco para a infecção. O segundo objetivo foidetectar a soroprevalência de anticorpos contra hantavírus em amostra populacionalurbana e rural do município de Uberlândia ? MG e correlacioná-la aos possíveis fatoresde risco pesquisados. Foram sorteados, aleatoriamente, 200 moradores da zona urbana e200 da rural, totalizando 400 pessoas. Entrevistas individuais foram conduzidas paracaracterizar a população quanto aos aspectos demográficos e sócio-econômicos, além deinvestigar possíveis fatores associados à SCPH. Foram obtidas, por venopuntura, 400amostras de sangue de moradores entre 13 e 76 anos. Os soros dos participantes destapesquisa foram submetidos ao teste ELISA indireto, na diluição 1:400, visando àdetecção de anticorpos IgG para hantavírus Araraquara. A positividade geral foi de3,0%, sendo de 2% na zona urbana e 4% na rural. Na zona urbana, não houvesignificância estatística com relação à positividade e sexo (p=0,43). A média de idadedos participantes soropositivos foi significantemente maior quando comparada comaqueles com sorologia negativa (p=0,03). Considerando atividades, exposições eindicadores de risco para a hantavirose, não se observou associação estatisticamentesignificante para nenhuma dessas variáveis em relação à positividade. Na zona rural, adiferença de positividade em relação ao sexo mostrou-se significante (p=0,03). Todoseram do sexo masculino e com idade superior a 40 anos. A média de idade dosparticipantes com sorologia positiva foi maior em relação aos indivíduos soronegativos(p=0,05). Dentre as atividades e indicadores de risco associadas à hantavirose, apenas aatividade ?aragem de terra? mostrou associação significante em relação à positividade(p=0,02). Não houve diferença significativa entre a positividade para hantavírus e localde moradia (urbana/rural) (p=0,19). Também não houve diferença entre as médias deidade dos indivíduos soropositivos da zona urbana e rural (p=1,0). No entanto, o sexodos indivíduos soropositivos foi estatisticamente diferente nessas áreas (p=0,02). Aprevalência de anticorpos Araraquara-reativos em munícipes de Uberlândia-MGdemonstra que a transmissão dos hantavírus não é rara e, mais uma vez, confirma-setambém nessa região, a hipótese da existência de infecções inaparentes ouoligossintomáticas.
This document abstract is also available in English.
Bibliographical Information:

Advisor:Marcelo Simão Ferreira; Elba Regina Sampaio de Lemosm; Pedro Luiz Tauil; Fabiola Correa da Costa Braga

School:Universidade Federal de Uberlândia

School Location:Brazil

Source Type:Master's Thesis

Keywords:IMUNOLOGIA Epidemiologia Teste ELISA

ISBN:

Date of Publication:04/19/2007

© 2009 OpenThesis.org. All Rights Reserved.