Details

Estudo comparativo entre testes de controle de qualidade de vacinas anti-rabicas inativadas para uso animal e produção experimental da vacina de referencia nacional

by Martins Arita, Gonçala Maria

Abstract (Summary)
A são avaliadas pelo teste de Habel, considerando o índice 2?104,0 IDL 50 para aprovação oficial das partidas. O objetivo do presente estudo é comparar os testes NIH ("National Institute of Health") e o ELISA indireto com o teste de Habel e produzir experimentalmente a vacina de referência nacional (VRN), para uso no NIH. Foram testadas 210 partidas de vacinas, paralelamente pelos testes de Habel e NIH. O teste de Habel aprovou 82,38% de partidas, enquanto o NIH, segundo os limites de 0,9; 0,97; 0,98; 1,0 e 1,1 aprovou, respectivamente, 77,62%; 75,71%; 75,23%; 73,81% e 71,90%. O valor discriminante encontrado para o NIH foi acima de 0,98, sugerindo o uso oficial de 1,0 DI. O teste ELISA indireto foi aplicado a soros de camundongos imunizados com 70 partidas de vacinas, com diferentes índices no Habel. Os pontos de corte, a sensibilidade (S), a especificidade (E), os valores preditivos de resultados positivo (VPRP) e negativo (VPRN) e a razão entre o soro controle positivo e soro de camundongos não vacinados foram determinados, sendo então, recomendado o uso da diluição 1/400, que apresentou ponto de corte de 0,225; 8=97%; E=1O0%; VPRP=1O0% e VPRN=78%, nesse método. A vacina de referência nacional (VRN) foi produzida experimentalmente em células BHK-21, C 13, infectadas com o vírus Pasteur (PV). As suspensões virais (5!! BHK) apresentaram títulos 1O7,66DL 50/rnL em camundongos lactentes e 107,17 DL 50/rnL em camundongos adultos jovens e 3,10 _glrnL de glicoproteína total. O material foi dividido em duas amostras (A e B) e inativado, respectivamente, pela bromo etilienoimina binária (BEI) e pela _-propiolactona (BPL). Para ambos os inativantes houve decréscimo rápido da infectividade e o conteúdo de glicoproteína (cG) total apresentou lenta redução da degradação viral. As amostras A (BEI-12 horas) e B (BPL-6 horas) apresentaram cG insolúvel de 1,92 µg/rnL e 2,02 _glmL, respectivamente e apresentaram resultados satisfatórios nos testes de inativação viral, toxicidade e esterilidade. Para o teste de potência A e B foram sub-divididas em AI e BI (5x concentradas) e A2 e B2 (l10x concentradas), que apresentaram bom desempenho nos testes de controle de qualidade e foram capazes de estimular a resposta imune em camundongos, manifestada pela quantificação de anticorpos IgG e pela proteção ao desafio viral, sugerindo que a metodologia de produção foi adequada à obtenção de uma VRN, compatível com a Vacina de Referência Regional do INPP AZ, podendo ser ampliada para atender à demanda nacional, no NlH.eficiência das vacinas anti-rábicas inativadas comerciais de uso animal, no Brasil, comparative study between quality control tests of antirabies inactiv ated v accines for animal use and experimental production of the national reference v accine for nm
This document abstract is also available in English.
Bibliographical Information:

Advisor:Clarice Weis Arns; Clarice Weis Arns [Orientador]; Sergio Marangoni; Cleide Aschenbrenner Consales; Aramis Augusto Pinto; Fernanda Ramos Gadelha

School:Universidade Estadual de Campinas

School Location:Brazil

Source Type:Master's Thesis

Keywords:Controle de qualidade Teste imunoenzimatico

ISBN:

Date of Publication:12/13/2002

© 2009 OpenThesis.org. All Rights Reserved.