Details

Estudo citotaxonomico de especies do genero Lychnophora Mart. (Asteraceae : Vernonieae : Lychnophorinae)

by Mansanares, Mariana Esteves

Abstract (Summary)
A subtribo Lychnophorinae abrange nove gêneros, encontrados nos campos rupestres nos estados de Minas Gerais, Bahia e Goiás, tendo, a maioria das espécies, alto grau de endemismo. Um desses gêneros é Lychnophora, o qual apresenta discordância entre diferentes autores quanto ao seu limite e número de espécies (desde 68 a apenas 11). Essa diferença de interpretação baseia-se na sinonimização e na transferência de diversas espécies para gêneros próximos, como Lychnophoriopsis e Paralychnophora. Além disso, há dificuldades na delimitação de outros gêneros da subtribo Lychnophorinae, como Minasia, Proteopsis e Heterocoma. Foi iniciado o estudo citotaxonômico de espécies de Lychnophora e de outros gêneros da subtribo, objetivando a análise de características cromossômicas que pudessem ser úteis ao entendimento taxonômico do grupo como um todo. Foram determinados números cromossômicos de cerca de 49 espécies, constatando-se 2n=34, 36 ou 38. Esses números cromossômicos distribuem-se entre espécies de diversas seções de Lychnophora e também nos gêneros próximos, de forma que não podem ser usados como caracteres distintivos nos níveis intergenéricos e infragenéricos. Entretanto, números cromossômicos são muito importantes na diferenciação de algumas espécies de Lychnophora, cujos limites taxonômicos têm sido questionados. Por exemplo, no taxon sinonimizado como L. ericoides, diferentes números cromossômicos foram encontrados, sugerindo a validade das antigas espécies: 2n=34 para L. ericoides e L. pinaster, 2n=36 para L. gardneri e 2n=38 para L. pseudovillosissima. Outros caracteres cariotípicos foram analisados em sete espécies da subtribo, como tamanho e morfologia dos cromossomos, evidenciando uma relativa constância. Os cromossomos são pequenos, medindo entre 1,10 e 2,58?m, e são predominantemente metacêntricos, embora alguns submetacêntricos também tenham sido observados em algumas espécies. Estudos envolvendo a hibridação in situ, com a sonda de rDNA 45S, têm demonstrado grande diversidade nos resultados, com variação de dois a dez sítios de hibridação entre espécies. Assim, a comparação desses marcadores cromossômicos poderá trazer novos subsídios para a taxonomia de Lychnophora e de gêneros de Lychnophorinae. Adicionalmente, a análise da microsporogênese revelou a existência de algumas anormalidades meióticas em algumas espécies
This document abstract is also available in English.
Bibliographical Information:

Advisor:Eliana Regina Forni Martins; Eliana Regina Forni Martins [Orientador]; Andre Luis Laforga Vanzela; Juliete Henriette Antoinette Dutilh; Luiza Sumiko Kinoshita; Neiva Izabel Pierozzi

School:Universidade Estadual de Campinas

School Location:Brazil

Source Type:Master's Thesis

Keywords:Cromossomos Citotaxonomia das plantas

ISBN:

Date of Publication:11/24/2004

© 2009 OpenThesis.org. All Rights Reserved.