Details

Estudo Macro e Micromorfológico de uma Topossequência na Bacia do Córrego do Retiro de São Pedro-SP.

by Oliveira, Deborah de

Abstract (Summary)
A presença de bandas onduladas superpostas e anastomosadas em perfis de solos situados na borda do glacis de São Pedro, na bacia do Córrego do Retiro, na sua transição para uma zona mais dissecada à jusante, sugeriram tratar-se de solos intermediários entre as Areias Quartzosas e os Podzólicos Vermelho-Amarelos. O estudo macro e micromorfológico acompanhado de análises convencionais de laboratório (granulometria, análises químicas) seguiu o procedimento proposto por BOULET et al (1982, a, b) denominado Análise Estrutural da Cobertura Pedológica e priorizou uma topossequência representativa, na qual o sistema pedológico estudado é constituído por Areias Quartzosas com bandas onduladas no topo, Podzólico Vermelho-Amarelo na vertente e Litossolo na base. O trabalho de campo revelou a presença de uma passagem lateral do horizonte com bandas onduladas ao horizonte Bt através da coalescência e espessamento dessas bandas, que ocorrem tanto no topo, como na base e dentro do Bt, até desaparecerem para jusante, onde este se torna mais estruturado e se degrada por hidromorfia. A análise micromorfológica revelou a presença de um importante plasma iluvial na forma de cutãs ligando grãos e no interior de poros, orientados, muito bem desenvolvidos e ferruginizados no interior de estrutura de base porfírica, tanto nas bandas onduladas como no Bt. No trecho onde este se degrada por hidromorfia os cutãs se desmantelam originando pequenos fragmentos (pápulas) na porosidade e também no interior do fundo matricial próximo aos restos de cutãs, alguns fortemente integrados. A análise granulométrica demonstrou o predomínio de areia fina nos solos estudados e confirmou uma quantidade maior de argila nas bandas onduladas e no Bt, corroborando a interpretação de iluviação. A análise química confirmou que a mobilidade maior é a física dos constituintes, dada a similaridade da distribuição dos teores encontrados em relação aos horizontes da topossequência e também confirmou a pobreza dos solos. O sistema pedológico estudado trata-se de um sistema de transformação pedológica lateral ainda em atividade, onde as bandas onduladas são responsáveis pela transformação das Areias Quartzosas em Podzólico Vermelho-Amarelo através da formação de horizonte Bt. Esses solos com bandas onduladas significam o estágio intermediário da pedogênese ligada à instabilização e translocação das argilas das Areias Quartzosas, relacionada à dinâmica da circulação hídrica vertical e lateral condicionada à evolução morfogenética das bordas do glacis de São Pedro por convexização aparentemente correlativa da dissecação quaternária.
This document abstract is also available in French.
Bibliographical Information:

Advisor:Selma Simoes de Castro; Joel Robert Georges Marcel Pellerin; Jose Pereira de Queiroz; Selma Simoes de Castro

School:Universidade de São Paulo

School Location:Brazil

Source Type:Master's Thesis

Keywords: sistema de transformação pedológica lateral transição glacis-zona dis

ISBN:

Date of Publication:09/02/1997

© 2009 OpenThesis.org. All Rights Reserved.