Details

ENSAIOS PRELIMINARES PARA PRODUÇÃO DE ANTICORPOS MONOCLONAIS SOROTIPO-ESPECÍFICOS CONTRA OS VÍRUS DENGUE TIPOS 1 E 2 UTILIZANDO PEPTÍDEOS SINTÉTICOS DESENHADOS A PARTIR DA ANÁLISE ESTRUTURAL DA PROTEÍNA E

by GÜNTHER, KELLEN

Abstract (Summary)
A proteína E do envelope dos vírus dengue é o principal alvo da resposta imunitária humoral. Esta proteína apresenta quatro isoformas com diferenças em sua estrutura primária que reflete a possibilidade de se encontrar, em uma resposta humoral, quatro sorotipos diferentes contra esta proteína. Anticorpos monoclonais contra essas regiões específicas para cada isoforma poderiam ser úteis para desenvolver um diagnóstico que permitiria monitorar a distribuição precoce dos quatro sorotipos do vírus dengue de forma eficaz. As seqüências de nucleotídeos e aminoácidos da proteína E previamente publicados e disponíveis em banco de dados foram analisadas de forma sistemática para obtenção de epítopos B específicos, através de programas de bioinformática (Zanchi, dissertação de mestrado, 2003, Universidade Federal de Rondônia). Três desses peptídeos foram utilizados em ensaios preliminares para a produção de anticorpos monoclonais, objeto central deste trabalho. Camundongos isogênicos do tipo BALB/c foram imunizados com peptídeos de seqüência definida: 1) peptídeo 1 (Glu64 Ala Lys Ile Ser Asn Thr Thr Thr Asp Ser Arg75 ? DENV-1); 2) peptídeo 2 (Ser224 Gly Ala Ser Thr Ser Gln Glu Thr Trp Asn Arg Gln Asp237 ? DENV-1); e 3) peptídeo 4 (Lys47 Thr Glu Ala Lys Gln Pro Ala Thr Leu Arg Lys Tyr59 ? DENV-2). Através da análise de anticorpos policlonais, somente os anticorpos anti-peptídeo 4 modificado por acoplamento com KLH, reconheceram DENV-2 em células C6/36 infectadas. Os animais correspondentes foram utilizados para a produção de hibridomas e obtenção de anticorpos monoclonais. Estes anticorpos foram selecionados, clonados e isotipados. Os anticorpos monoclonais anti-peptídeo 4 1 (mAbP4/1) e 2 (mAbP4/2) são das subclasses IgG1 e IgG2b, respectivamente. Os mAbsP4/1 e 2 foram purificados em coluna de proteína A-sepharose e apresentaram, de forma geral, baixa afinidade pelo peptídeo 4. Quanto à especificidade, os mAbsP4 1 e 2 reagiram cruzadamente com proteínas do soro humano e não reagiram contra o DENV, mostrando uma inespecificidade para a produção de insumos diagnósticos. Por outro lado, ocorreu a implantação e o domínio da técnica de produção de anticorpos monoclonais utilizando a imunização por peptídeos sintéticos em camundongos, técnica inédita na Região Norte do País.
This document abstract is also available in English.
Bibliographical Information:

Advisor:Rodrigo Guerino Stabeli

School:Fundação Universidade Federal de Rondônia

School Location:Brazil

Source Type:Master's Thesis

Keywords:Imuno-reatividade cruzada Dengue Peptídeos sintéticos Anticorpos monoclonais Imuno-afinidade BIOLOGIA GERAL Imuno-ensaios

ISBN:

Date of Publication:12/01/2005

© 2009 OpenThesis.org. All Rights Reserved.