Details

Efeitos de dietas com Leucaena leucocephala com ou sem adição de Sacharomyces cerevisiae na digestão, fermentação, protozoários e produção de metano no rúmen em bovinos

by Possenti, Rosana Aparecida

Abstract (Summary)
O presente trabalho teve como objetivo avaliar os efeitos do uso de leucena (Leucaena leucocephala (Lam.) de wit), em dietas para bovinos com ou sem adição de levedura (Saccharomyces cerevisiae) sobre a digestão (degradabilidade e digestiilidade), fermentação (produção de ácido graxos voláteis, amônia e metano) e população de protozoários no rúmen. Foram utilizados quatro bovinos machos mestiços, com peso vivo médio de 797 kg, canulados no rúmen em experimento com delineamento Quadrado Latino 4x4 em arranjo fatorial 2x2 com dois níveis leucena (20% e 50%) com feno de Cynodon dactylon cultivar coast-cross na presença ou ausência da levedura. Os tratamentos foram denominados: 20S = 20% de feno de leucena + 80% de de coast-cross ; 50S = 50% de feno de leucena + 50% de de coast-cross; 20L = 20% de feno de leucena + 80% de de coast-cross + 10 g de levedura; 50L = 50% de feno de leucena + 50% de de coast-cross + 10g de levedura. Os parâmetros ruminais avaliados foram: produções de ácidos graxos voláteis (AGVs); concentração de amônia; pH; produção de gás metano; taxa de passagem do líquido; degradabilidade in situ da MS, FDN e PB dos fenos de leucena e coast-cross; digestibilidade in vitro da MS dos fenos de leucena e coast-cross; contagem diferencial dos gêneros de protozoários ciliados. Houve efeitos da interação entre níveis de leucena e levedura nas dietas sobre as concentrações médias dos AGVs totais (P<0,05). As concentrações de ácido acético não apresentaram diferenças entre tratamentos. Mas as concentrações de ácido propiônico mostraram efeitos significativos para níveis de leucena na dieta e da interação N x L (P<0,05), com os maiores valores médios obtidos para o ácido propiônico em nível mais alto de leucena com levedura (19,14 mM). O aumento do nível de leucena favoreceu uma maior produção de ácido propiônico e esse efeito foi potencializado pela adição de levedura. Não houve diferenças na produção de ácido butírico nos níveis de leucena e de levedura (P>0,05) mas foram observados efeitos significativos da interação, evidenciando maiores concentrações do ácido butiríco no tratamento 20L. Não foram observadas diferenças (P>0,05), nas concentrações de amônia no rúmen, variando de 18,71 a 21,28 mg/100 mL no líquido ruminal. Houve diferença (P<0,05) na emissão de gás metano pelos animais, recebendo os diferentes tratamentos, ocorreu uma redução na produção de metano na dieta com nível elevado de leucena contendo levedura. Os valores encontrados para a cinética ruminal não foram afetados pelos tratamentos (P>0,05). A população de protozoários ciliados no rúmen sofreu alterações conforme o tratamento aplicado, tanto na concentração como na composição final da fauna, indicando um efeito associativo que ocorreu com o aumento de leucena na dieta juntamente com a levedura ou mecanismo de ação semelhante de ambos, dependendo do nível de leucena na dieta.
This document abstract is also available in English.
Bibliographical Information:

Advisor:Raul Franzolin Neto; João José Assumpção de Abreu Demarchi; Raul Franzolin Neto; Antonio Joao Lourenço; Jose Carlos Machado Nogueira Filho; Marcus Antonio Zanetti

School:Universidade de São Paulo

School Location:Brazil

Source Type:Master's Thesis

Keywords:ácidos graxos voláteis amônia ruminal fauna levedura

ISBN:

Date of Publication:05/26/2006

© 2009 OpenThesis.org. All Rights Reserved.