Details

Efeitos de fármacos anti-hipertensivos de diferentes classes farmacológicas sobre a rarefação capilar funcional e estrutural em ratos espontaneamente hipertensos.

by Sabino, Bruno Duarte

Abstract (Summary)
Introdução: A elevação crônica da resistência vascular sistêmica pode ser considerada como a principal alteraçãohemodinâmica na hipertensão arterial primária estabelecida. Investigamos os efeitos do tratamento crônico comos anti-hipertensivos atenolol (ATE), enalapril (ENA), nifedipina (NIF) e losartan (LOS) sobre a densidadecapilar funcional média (DCFM) cutânea e muscular esquelética (grácil) e sobre a densidade capilar estruturalmuscular esquelética e do ventrículo esquerdo de SHR. Métodos: Ratos SHR machos com 12-14 semanasreceberam tratamento oral por gavagem com ATE (50 mg/kg/dia), ENA (10 mg/kg/dia), NIF (20mg/kg/dia),LOS (10mg/kg/dia) ou veículo (grupo controle) durante quatro semanas. Após o término do tratamento avaliousea DCFM através de microscopia intravital por epi-iluminação com fluorescência. A seguir, foi avaliada adensidade capilar estrutural através de histoquímica em parafina. Resultados: O tratamento reduziu de formasimilar a pressão arterial sistólica de SHR tratados com ATE, ENA, NIF ou LOS. A DCFM encontrava-sediminuída em SHR no músculo esquelético (WKY 395±17 e SHR 258±13 capilares/mm2, plt;0,01) ou pele(WKY 391±18 e SHR 210±15 capilares/mm2, plt;0,01). LOS e NIF reverteram completamente este quadro emambos os tecidos (434±26 e 422±18 capilares/mm2 no músculo esquelético e 397 ± 31 e 391 ± 24 capilares/mm2na pele, plt;0,01, respectivamente), enquanto o ENA aumentou significativamente a DCFM apenas na pele deSHR (283±17, plt;0,05 capilares/mm2). O ATE não induziu nenhuma alteração na DCFM de SHR. Foi observadauma relação linear entre a densidade capilar funcional no músculo esquelético e na pele (r=0.654, plt;0.0001). Naanálise estrutural, foi observada uma relação capilar/fibra significativamente menor no músculo esquelético deSHR (WKY 1,74±0,08 e SHR 1,40±0,06, plt;0,01), que foi revertida pelos tratamentos com ENA, NIF e LOS(1,65±0,04; 1,78±0,1 e 1,8±0,07, plt;0,01, respectivamente). A razão entre a densidade de volume de capilares e adensidade de volume de fibras (Vv[cap] / Vv[fib]) do ventrículo esquerdo de SHR também foi significativamentereduzida (WKY 0,55±0,09 e SHR 0,42±0,09, plt;0,01). Os tratamentos com LOS ou ENA reverteramcompletamente a rarefação estrutural cardíaca de SHR (0,59±0,03 e 0,59±0,03, plt;0,01, respectivamente),enquanto os tratamentos com ATE e NIF não apresentaram nenhum efeito. Discussão: Os resultados obtidosindicam que os efeitos microcirculatórios de diferentes drogas anti-hipertensivas diferem entre as classesfarmacológicas e vão além da redução da pressão arterial. Este conceito pode ser útil para guiar o tratamentoanti-hipertensivo na tentativa de reduzir ou até mesmo reverter as lesões de órgãos-alvo.
This document abstract is also available in English.
Bibliographical Information:

Advisor:Eduardo Vera Tibiriçá

School:Faculdades Oswaldo Cruz

School Location:Brazil

Source Type:Master's Thesis

Keywords:Anti-Hipertensivos Microcirculação Órgãos-Alvo Animais

ISBN:

Date of Publication:05/16/2008

© 2009 OpenThesis.org. All Rights Reserved.