Details

Efeito gastroprotetor da 3,6-dimetoxi-6quot;,6quot;-dimetil-[2quot;,3quot;:7,8]-cromenoflavona isolada de Lonchocarpus araripensis Bentham em camundongos e possíveis mecanismos.

by Andrade Campos, Deive de

Abstract (Summary)
A 3,6-dimetoxi-6",6"-dimetil-[2",3":7,8]-cromenoflavona (DDF) isolada das raízes de Lonchocarpus araripensis Bentham (sin. Derris araripensis) (Leguminosae), popularmente conhecida como angelim, coção ou sucupira-branca, foi avaliada em modelos de lesões gástricas induzidas por etanol ou indometacina em camundongos. DDF nas doses de 500, 1000 e 2000mg/Kg, i.p., não foi capaz de promover sinais de toxicidade ou induzir mortalidade em camundongos. DDF (50, 100 e 200mg/Kg, i.p.) reduziu significativamente, de maneira dose-dependente, as lesões gástricas induzidas por etanol absoluto (0,2mL/animal) em 62, 73 e 96% respectivamente, com uma DE50 de 50,87 (38,36-67,46) mg/Kg. DDF (100 e 200mg/Kg, i.p.) também reduziu significativamente as lesões gástricas induzidas por indometacina (30mg/Kg, v.o.), com uma DE50 de 65,95 (43,26-100,50) mg/Kg. O mecanismo gastroprotetor da DDF foi analisado na sua dose de 100mg/Kg, em modelo de lesões gástricas induzidas por etanol em camundongos. Em animais pré-tratados com L-NAME (20mg/Kg, s.c.), um inibidor da óxido nítrico sintase, ou com glibenclamida (5mg/Kg, i.p.), droga bloqueadora de canais de potássio ATP-dependentes (KATP), o efeito gastroprotetor de DDF (100mg/Kg, i.p.) foi inibido significativamente, sugerindo o papel do óxido nítrico e demonstrando uma provável ativação dos canais de potássio no efeito gastroprotetor da DDF. De forma semelhante, o efeito gastroprotetor de DDF (100mg/Kg, i.p.) foi revertido, de forma significativa, em camundongos pré-tratados com indometacina (10mg/Kg, v.o.), um inibidor não seletivo da ciclooxigenase, ou com capsazepina (5mg/Kg, i.p.), um antagonista dos receptores TRPV1, demonstrando assim o papel das prostaglandinas endógenas e sugerindo uma possível ativação de receptores TRPV1 no mecanismo de ação da DDF. A ação gastroprotetora da DDF (100mg/Kg, i.p.) envolve, em parte, uma ação antioxidante uma vez que esta foi capaz de restabelecer, de forma parcial, mas significativa, os níveis de grupos NP-SH gástricos, que são depletados pelo etanol. Os dados obtidos sugerem que a DDF promove gastroproteção contra as lesões gástricas induzidas por etanol ou indometacina em camundongos, por mecanismos que incluem o envolvimento de prostaglandinas endógenas, óxido nítrico, ativação dos receptores TRPV1 e ou, dos canais KATP, além de uma ação antioxidante
This document abstract is also available in English.
Bibliographical Information:

Advisor:Armenio Aguiar dos Santos; Flávia Almeida Santos; Luzia Kalyne Almeida Moreira Leal

School:Universidade Federal do Ceará

School Location:Brazil

Source Type:Master's Thesis

Keywords:Lesões Gástricas Produtos Biológicos Úlcera Gástrica

ISBN:

Date of Publication:01/18/2008

© 2009 OpenThesis.org. All Rights Reserved.