Details

"Efeito de um dentifrício com Triclosan na redução da placa bacteriana e gengivite em portadores de paralisia celebral institucionalizados"

by Feng, Hsu Shao

Abstract (Summary)
Foi conduzido no ?Centro Espírita Nosso Lar Casas André Luiz? (Guarulhos, São Paulo) um ensaio clínico aleatório, de desenho paralelo, duplo-cego, para investigar o efeito de um dentifrício contendo Triclosan e Flúor na redução de placa bacteriana e gengivite. Cinqüenta e cinco internos da instituição foram aleatoriamente divididos em dois grupos: teste (n=28, Colgate Total) e controle (n=27, dentifrício convencional contendo Flúor). A alocação dos sujeitos aos grupos foi conduzida pela farmácia ?Fórmula e Ação?, que distribuiu os dentifrícios em tubos de acordo com o grupo experimental. A identidade de cada grupo foi mantida sob sigilo pela farmácia até o final da fase experimental da pesquisa. Os critérios de inclusão foram: presença de pelo menos 20 dentes na cavidade bucal e idade entre 15 e 45 anos. Os critérios de exclusão foram: presença de doença periodontal avançada e histórico de hipersensibilidade ao triclosan. Não se permitiu que os sujeitos da pesquisa utilizassem qualquer outro produto para controle de placa durante o estudo. Os sujeitos da pesquisa foram examinados por Um investigador calibrado, no início da pesquisa, três meses e seis meses após o início. Avaliou-se a quantidade de placa bacteriana pelo Índice de Placa (IP) de Quigley-Hein (1962) modificado por Turesky et al (1970). Após evidenciação da placa, cada dente foi aferido em quatro sítios: MV, V, DV e P ou L, com exceção dos terceiros molares. Aferiu-se a gengivite pelo Índice Sangramento Interdental (ISI). O grupo teste apresentou redução significativa (p<0,001) no IP aos três meses, seguida de uma nova redução deste índice de três para seis meses (p<0,001). Houve uma redução significativa no IP do grupo controle (p<0,001) aos três meses, seguida por redução significativa aos seis meses. Não houve diferença entre os grupos em qualquer momento. Houve redução significativa do ISI no grupo teste após três meses (p<0,001) e embora tenha ocorrido uma diminuição de ISI entre três e seis meses , esta não foi significativa (p=0.07). No grupo controle houve redução no ISI após três meses (p=0,001) e após seis meses (p=0,001). No entanto, não houve diferença estatisticamente signifacante entre os grupos, em qualquer momento do estudo. Não foram observadas reações adversas durante o estudo. Os autores concluíram que o dentifrício contendo triclosan e flúor não promoveu benefícios adicionais ao dentifrício convencional na redução de placa bacteriana e gengivite interproximal.
This document abstract is also available in English.
Bibliographical Information:

Advisor:Roberto Fraga Moreira Lotufo; José Roberto Cortelli; Claudio Mendes Pannuti; Roberto Fraga Moreira Lotufo

School:Universidade de São Paulo

School Location:Brazil

Source Type:Master's Thesis

Keywords: gengivite paralisia cerebral

ISBN:

Date of Publication:03/20/2006

© 2009 OpenThesis.org. All Rights Reserved.