Details

Efeito de genótipos de feijoeiro e de pós de origem vegetal sobre Zabrotes subfasciatus (Boh.) e Acanthoscelides obtectus (SAY) (Col.: Bruchidae).

by Mazzonetto, Fábio

Abstract (Summary)
Avaliou-se o efeito isolado e associado de pós de origem vegetal e de genótipos de feijoeiro sobre o comportamento, biologia e danos de Zabrotes subfasciatus (Boh.) e Acanthoscelides obtectus (Say). Inicialmente, foi avaliado o efeito dos pós obtidos de 18 plantas sobre a atratividade e mortalidade dos adultos, e oviposição. A seguir, foi testado o efeito de 12 genótipos de feijoeiro incluindo materiais melhorados contendo arcelina (Arc1, Arc2, Arc3 e Arc4) e sem essa proteína (IAC Carioca Aruã, IAC Carioca Pyatã, IAC Carioca Akytã, IAC Maravilha, IAC Una, IAC Bico de Ouro, Porrillo 70 e Goiano Precoce) sobre a oviposição (com e sem chance de escolha) e biologia dos insetos. Com base nestes resultados, foram selecionados, para cada espécie de inseto, quatro genótipos (três resistentes e um suscetível) e quatro pós vegetais, para os quais foi avaliado o efeito associado sobre a atratividade e mortalidade dos adultos, preferência para oviposição, biologia e danos causados pelos insetos. Concluiu-se que: a) os pós obtidos da parte aérea de Chenopodium ambrosioides (erva-de-santa-maria), f. (forma) 1 e f.2; de folhas de Eucalyptus citriodora (eucalipto cheiroso), de Mentha pulegium (poejo) e de Ruta graveolens (arruda), e de cascas de frutos de Citrus reticulata (laranja cv. Murcote) são repelentes aos adultos das duas pragas; b) os pós obtidos de folhas de Ocimum basilicum (alfavaca) e de O. minimum (manjericão) são repelentes apenas para Z. subfasciatus, enquanto os pós de cascas de frutos de Citrus sinensis (laranja cv. Pêra) e de frutos de Lafoensia glyptocarpa (mirindiba) apresentam efeito repelente apenas em relação a A. obtectus; c) o pó de folhas de L. glyptocarpa apresenta atratividade a Z. subfasciatus; d) os pós de C. ambrosioides (f.2), M. pulegium, O. basilicum e R. graveolens apresentam efeito altamente tóxico aos adultos de Z. subfasciatus, causando 100% de mortalidade e impedindo a oviposição; e) em relação a A. obtectus, há total mortalidade de adultos e ausência de oviposição, com o uso de pós de C. ambrosioides (f.2) e de folhas de Coriandrum sativum (coentro); f) em teste sem chance de escolha, o genótipo Arc3 é menos ovipositado por Z. subfasciatus que 'IAC Carioca Pyatã' e 'IAC Bico de Ouro', enquanto, em relação a A. obtectus os materiais são igualmente preferidos para oviposição; g) os materiais contendo arcelina (Arc1, 2, 3 e 4) apresentam resistência do tipo não-preferência para alimentação e/ou antibiose a Z. subfasciatus, alongando o período de desenvolvimento (ovo-adulto) e reduzindo o peso dos adultos, a longevidade e a fecundidade; h) em relação a A. obtectus, a resistência do tipo não-preferência para alimentação e/ou antibiose só ocorre com o Arc1, genótipo em que há alongamento do período de desenvolvimento e menor peso dos adultos; i) 'Goiano Precoce' é o material mais adequado ao desenvolvimento dos dois insetos; j) com o emprego associado de pós vegetais e genótipos resistentes de feijoeiro, ocorre apenas efeito aditivo (e não sinérgico) das duas técnicas de controle para ambas as espécies de insetos; k) o peso consumido de grãos de feijão por Z. subfasciatus e A. obtectus não é afetado pelos pós inseticidas; esse peso, entretanto, é menor nos genótipos contendo arcelina para os dois insetos.
This document abstract is also available in English.
Bibliographical Information:

Advisor:Jose Djair Vendramim; Valter Arthur; Arlindo Leal Boiça Junior; Nivaldo Guirado; Fernando Mesquita Lara; Jose Djair Vendramim

School:Universidade de São Paulo

School Location:Brazil

Source Type:Master's Thesis

Keywords: feijão genótipos

ISBN:

Date of Publication:04/09/2002

© 2009 OpenThesis.org. All Rights Reserved.