Details

Efeito da palha de cana-de-açúcar e do tamanho de tubérculos no desenvolvimento da tiririca (Cyperus rotundus L.).

by Carmo de, Maria do

Abstract (Summary)
A mudança do sistema de colheita da cana-de-açúcar com o uso de fogo para a colheita mecanizada, chamada de cana verde ou cana crua, é um processo irreversível, gradativo porém contínuo, previsto na legislação estadual paulista. Um dos pontos críticos no processo produtivo da cana-de-açúcar é a interferência imposta pelas plantas daninhas. A tiririca (Cyperus rotundus L.) é uma das plantas daninhas mais prejudiciais à cultura da cana-de-açúcar entretanto, com a implementação da colheita mecanizada, o desenvolvimento desta planta poderá ser afetado. O objetivo do experimento foi verificar se a adição de palha de cana-de-açúcar poderia afetar o desenvolvimento de plantas de tiririca provenientes de tubérculos de tamanho pequeno (0,22 a 0,34 g) e grande (1,01 a 1,14 g), plantados em diferentes épocas do ano. O experimento foi instalado em casa-de-vegetação, em Campinas, SP e disposto em blocos ao acaso com quatro repetições. Tubérculos dormentes de tiririca de tamanho pequeno e grande foram plantados em maio, julho e setembro e adicionou-se sobre o solo palha de cana-de-açúcar RB 855156, nas quantidades correspondentes a 0,0, 5,0, 10,0 e 15,0 t/ha. Em cada época de instalação do experimento, a cada 28 dias até 84 dias, as plantas de tiririca foram avaliadas quanto à altura média, cortadas ao nível do solo. As estruturas subterrâneas e aéreas foram separadas nas diferentes estruturas e avaliou-se suas biomassas frescas e secas e a área foliar. De modo geral, o tamanho maior dos tubérculos favoreceu o desenvolvimento da parte subterrânea. O número de brotações emergidas não foi afetado pelo tamanho de tubérculos mas, a altura média, área foliar e as biomassas das folhas e da parte aérea foram maiores quando originadas de tubérculos de tamanho grande. A adição de palha de cana-de-açúcar ao solo afetou mais as plantas originadas de tubérculos pequenos que de grandes. A adição de quantidades crescentes de palha de cana-de-açúcar causou redução no desenvolvimento nas diferentes estruturas subterrâneas, seguindo para todas as variáveis uma equação do segundo grau. Aplicações de quantidades crescentes de palha de cana-de-açúcar causaram diminuição no número de brotações, área foliar e as biomassas frescas e secas das folhas e da parte aérea total. A formação e o desenvolvimento dos rizomas e de tubérculos + bulbos basais, assim como das biomassas fresca e seca de rizomas e fresca de tubérculos + bulbos basais foram maiores no plantio realizados em setembro e menores nos de julho. Verificou-se que, exceto para altura média, o plantio de setembro proporcionou plantas com maior número de brotações, área foliar e biomassas fresca e seca de folhas e da parte aérea total. Para altura média, os melhores resultados foram observados no plantio de maio. Para todas as variáveis analisadas, o plantio de julho apresentou sempre os menores valores. Quanto ao efeito de época de avaliação, verificou-se que para todas as variáveis analisadas foram observados aumentos lineares em função do tempo.
This document abstract is also available in English.
Bibliographical Information:

Advisor:Ricardo Victoria Filho; Pedro Jacob Christoffoleti; Robert Deuber; Marcus Barifouse Matallo; Jose Carlos Rolim; Ricardo Victoria Filho

School:Universidade de São Paulo

School Location:Brazil

Source Type:Master's Thesis

Keywords: brotação cana-de-açúcar desenvolvimento vegetal palha planta daninha tiririca

ISBN:

Date of Publication:02/23/2005

© 2009 OpenThesis.org. All Rights Reserved.