Details

Ecologia alimentar de pequenos mamíferos de áreas de cerrado noSudeste do Brasil

by Nascimento Ramos, Vanessa do

Abstract (Summary)
Estudos sobre a ecologia alimentar de mamíferos herbívoros nos Neotrópicos tem sido investigado focando principalmente as espécies frugívoras de grande porte. No entanto, pequenos roedores e marsupiais podem desempenhar o papel de importantes agentes seletores por meio de suas relações tróficas. Este trabalho visou ampliar o conhecimento sobre este aspecto da ecologia de algumas espécies de pequenos mamíferos cujos hábitos alimentares são pouco conhecidos. O objetivo deste trabalho foi descrever a dieta dos roedores cricetídeos Calomys tener e Necromys lasiurus e dos marsupiais didelfídeos Lutreolina crassicaudata e Gracilinanus agilis, procurando conhecer o seu potencial efeito sobre as comunidades locais de recursos. Os espécimes analisados pertencem à coleção de mamíferos da Universidade Federal de Uberlândia e foram coletados em remanescentes naturais de Cerrado no Estado de Minas Gerais. Os hábitos alimentares foram estudados através da análise dos restos alimentares encontrados nos conteúdos gastrointestinais. Para N. lasiurus (N = 13), houve maior consumo de matéria animal (100%) que vegetal (31%). Para C. tener (N = 138), matéria vegetal foi consumida em maior quantidade e ocorreu em maior número de amostras (92%) que matéria animal (71%). Não foi encontrada variação sazonal na composição, riqueza ou abundância de itens na dieta de C. tener. Todas as amostras de G. agilis (N = 16) continham matéria animal e apenas 25% apresentaram matéria vegetal. Hymenoptera e Isoptera destacaram-se como táxons mais freqüentes e abundantes na dieta das espécies G. agilis, C. tener e N. lasiurus. Esses resultados coincidem com a abundância dessas presas no Cerrado. Lutreolina crassicaudata (N = 14) consumiu invertebrados (46,7%), vertebrados (26,7%) e matéria vegetal (26,7%). Larvas de Sarcophagidae foram encontradas associadas aos vertebrados, indicando que estes itens foram consumidos como carcaça. O material vegetal identificado constituiu-se principalmente de sementes, fragmentos de frutos e de folhas para todas as espécies. O bom estado de conservação das sementes indicam as espécies como dispersoras potenciais ou ocasionais, preferencialmente à hipótese de predação. Os resultados indicam que as espécies estudadas são onívoras e provavelmente oportunistas. N. lasiurus e G. agilis apresentaram hábito insetívoro-onívoro, C. tener herbívoro-onívoro e L. crassicaudata carnívoro-onívoro, com ocorrência de necrofagia.
This document abstract is also available in English.
Bibliographical Information:

Advisor:Vinícius Bonato; Heraldo Luis de Vasconcelos; Ariovaldo Antonio Giaretta; Kátia Gomes Facure

School:Universidade Federal de Uberlândia

School Location:Brazil

Source Type:Master's Thesis

Keywords:Área urbana Ecologia alimentar animal

ISBN:

Date of Publication:02/26/2007

© 2009 OpenThesis.org. All Rights Reserved.