Details

CARACTERIZAÇÃO E TRATABILIDADE DEEFLUENTES GERADOS EM CABINES DE PINTURADE INDÚSTRIA MOVELEIRA

by Lage Santos, Anselmo Rogério

Abstract (Summary)
O objetivo deste estudo foi determinar meios eficientes e viáveis de tratar efluenteslíquidos gerados na cabine de pintura de uma indústria moveleira fabricante de móveis demadeira. Desta forma, foi feito um estudo sobre os principais parâmetros para determinar otratamento mais adequado a ser empregado. Os tratamentos realizados foram: físicoquímicoe biológico.O teste físico-químico foi feito pelo processo de floculação/decantação e o testebiológico foi feito com a utilização de lodos anaeróbios em reator UASB. O teste, com autilização de lodos provenientes de uma estação de tratamento de esgoto doméstico,consistia em adaptar o mesmo com a introdução do efluente industrial. A adaptação do lodoiniciou-se com introdução de esgoto doméstico, e após estabilização do reator,acompanhada pelos valores de DQO total, foram introduzidas porcentagens maiores deefluente industrial. Assim, foi caracterizada a eficiência do reator em termos de DQO comintrodução de 0%, 5%, 10%, 20%, 30%, 50%, 70%, 90% e 100% de efluente da indústriade móveis.O início do processo houve aquecimento do afluente devido às baixas temperaturasno período, mas após o fim do inverno, o processo ocorreu em temperatura ambiente. OTempo de Detenção Hidráulica foi alterado gradativamente, iniciando-se o processo comum TDH = 20h até atingir o TDH = 10h, tempo este mantido até o final. As concentraçõesmédias de DQO afluente e DQO efluente foram de, 1611mg/L e 427mg/L, respectivamentee a remoção média de DQO foi de 74%. Assim, foram obtidos valores de DQO efluentedentro dos limites de lançamento disposto no art. 29 da Deliberação Normativa conjunta n°1 de 2008 do COPAM/CERH-MG.Com o lodo já adaptado e adição de 100% de efluente industrial, foi introduzido umpós-tratamento com lodo aeróbio para aumentar a eficiência do tratamento anterior. Aconcentração média de DQO obtida no tratamento aeróbio foi de 85,5 mg/L, valor estedentro dos limites de lançamento de efluentes disposto no art. 29 da Deliberação Normativado COPAM/CERH-MG.Com estes dados, verificou-se que o tratamento biológico anaeróbio é possível e quecom a adição de 70% efluente industrial e 30% esgoto doméstico obteve-se maioreficiência no tratamento, e ainda que um pós-tratamento aeróbio, mesmo não sendo necessário pode ser empregado para aumentar a eficiência de remoção de DQO.
This document abstract is also available in English.
Bibliographical Information:

Advisor:Sergio Francisco de Aquino; Cláudio Mudado Silva; Cornélio de Freitas Carvalho

School:Universidade Federal de Ouro Prêto

School Location:Brazil

Source Type:Master's Thesis

Keywords:Tratamento Biológico, Saneamento, Biodegradabilidade, Efluente daIndústria de Móveis, Reator UASB. RECURSOS HIDRICOS

ISBN:

Date of Publication:10/25/2008

© 2009 OpenThesis.org. All Rights Reserved.