Details

DISTRIBUIÇÃO GEOGRÁFICA E INDICADORES ENTOMOLÓGICOS DE TRIATOMÍNEOS SINANTRÓPICOS, CAPTURADOS NO ESTADO DE GOIÁS, BRASIL.

by Soares de, Antonio Wilson

Abstract (Summary)
A infecção chagásica ocorre desde os Estados Unidos até a Patagônia acometendo cerca de 16 milhões de pessoas Essa doença sempre esteve associada às condições de pobreza representadas pelas casas primitivas construídas de artefatos de madeira e barro A incidência dessa infecção no Brasil foi estimada em 100 mil casos novos anuais no final dos anos 70 e prevalência de 4,2% na população rural Os coeficientes mais elevados dessa doença foram encontrados em Minas Gerais e Rio Grande do Sul com a soroprevalência de 8,8% seguidos por Goiás (7,4%) e Bahia (5,4%) Em Goiás no período de 2000 a 2003 foram investigadas 249.868 unidades domiciliares e capturados 51.570 triatomíneos com 335 espécimes infectados com T. cruzi A infestação peridomiciliar foi significativamente maior do que a intradomiciliar na espécie Triatoma sordida, seguida de Panstrongylus megistus O inverso ocorreu nas espécies Rhodnius neglectus Panstrongylus geniculatus e Triatoma pseudomaculata (plt; 0,018) Não houve diferença significativa nas infestações intra e peridomiciliar nas espécies Panstrongylus diasi Triatoma costalimai e Triatoma williami. Apenas um exemplar da espécie Triatoma infestans foi capturado no ano de 2000
This document abstract is also available in English.
Bibliographical Information:

Advisor:Ionizete Garcia da Silva

School:Universidade Federal de Goiás

School Location:Brazil

Source Type:Master's Thesis

Keywords:MEDICINA doença de Chagas

ISBN:

Date of Publication:03/31/2006

© 2009 OpenThesis.org. All Rights Reserved.