Details

IDENTIFICAÇÃO E CARACTERIZAÇÃO DO VÍRUS DO DENGUE EM ÁREAS URBANAS E PERI-URBANAS DE PORTO VELHO-RO

by VIEIRA, DEUSILENE SOUZA

Abstract (Summary)
A dengue é a mais importante arbovirose que afeta o homem em termos de morbidade e mortalidade caracteriza-se como sendo uma doença febril aguda autolimitante, cujo agente etiológico pertence ao gênero Flavivirus. O Estado de Rondônia encontra-se localizado na região norte do país dentro a da Amazônia Ocidental sendo considerado um Estado triplamente favorável à propagação do vírus dengue, pois é. ligado por rodovia as demais regiões do país;. por ser fronteira e por existir ainda migrações populacionais.A identificação e caracterização molecular do vírus da dengue são importantes para determinar o sorotipo circulante em uma região; a origem do vírus e a tentativa de se estabelecer uma correlação de virulência das amostras e sua importância epidemiológica. Essa dissertação visa à padronização de técnicas reprodutíveis para identificação e caracterização molecular do vírus dengue em área urbanas e peri-urbanas de Porto Velho-RO. Coletou-se amostras de soro de pacientes com suspeita clinica de dengue entre os meses de janeiro de 2001 a dezembro de 2003. Isolou-se, utilizando células C6/36, e confirmou a infecção pelo teste de IFI. Submeteu-se as amostras a extração do RNA viral por dois métodos: TRIzol® e QUIAamp® RNA viral mini Kit. Após, realizou-se uma RT-PCR com dois pares de primers diferentes. O primeiro par de primers foi AD3 e AD4 que identifica o vírus da dengue. Caracterizou-se o sorotipo com as enzimas de restrição KpnI e HindIII, que caracterizam os vírus do dengue sorotipos 1 e 2, respectivamente. Utilizou-se também os primers D1 e D2 em uma Hemi-nested-RT-PCR, onde inicialmente foi identificado o vírus do dengue. Em seguida, submeteu-se os amplicons a hemi-nested-PCR que caracteriza os 4 sorotipos virais. Das 70 amostras, 40 tiveram o RNA extraído pelo método do TRIzol® e 30 pelo QUIamp RNA viral mini kit ®. Sessenta foram caracterizadas como DENV-1, pois foram digeridas pela enzima Kpn I e 10 amostras, que não foram digeridas pelas enzimas de restrição, foram identificadas como dengue tipo 3 pela Hemi-nested-PCR. Neste estudo caracterizamos os vírus do dengue circulante em Porto Velho como sendo do sorotipo 1 e 3; padronizamos a técnica de extração do RNA direto do soro de pacientes com suspeita clinica de dengue; implantamos o diagnóstico de forma rápida avaliação da presença do vírus na região. A sensibilidade e eficácia do método esta relacionada com a viremia apresentada pelos pacientes.
This document abstract is also available in English.
Bibliographical Information:

Advisor:Luiz Hildebrando Pereira da Silva

School:Fundação Universidade Federal de Rondônia

School Location:Brazil

Source Type:Master's Thesis

Keywords:Dengue vírus BIOLOGIA GERAL

ISBN:

Date of Publication:12/01/2005

© 2009 OpenThesis.org. All Rights Reserved.