Details

Dramas e tramas do (não) aprender: significações sobre o sujeito que apresenta dificuldades de aprendizagem

by Cássia Souza, Rita de

Abstract (Summary)
Este trabalho de pesquisa objetivou investigar e apreender as significações construídas porprofessores, pais e alunos sobre o sujeito que apresenta dificuldades de aprendizagem e suasinter-relações na constituição do eu e do outro, utilizando como aporte teórico a perspectivahistórico-cultural. Esse interesse configura um processo de compreensão do entrelaçamentoocorrido a partir das práticas vivenciadas em cada contexto. As significações geram marcas nacondição de aluno que não consegue aprender, configurando num drama do (não) aprender.Foram entrevistadas duas crianças do Ensino Fundamental (1ª a 4ª séries) com diagnóstico dedificuldades de aprendizagem, suas respectivas mães e professoras, com gravações em áudio,realizadas individualmente, com 40 minutos cada. A partir da identificação dos trechos dasfalas, estruturamos três blocos temáticos: a criança e o (não) aprender, os outros (mães,professoras/escola) e o (não) aprender e razões do (não) aprender. Em relação a si mesmo eo (não) aprender, os participantes apresentaram significações como: as crianças acreditam quenão conseguem aprender, possuem um sentimento de ?desvalorização? de si mesmo, o olhardo outro tem um peso muito forte na construção da identidade delas e passaram a crer que adificuldade em aprender é delas; as mães: sofrimento pela condição do filho e,principalmente, por não saberem lidar com essa situação; sentimentos de preocupação,tristeza, insatisfação e até mesmo impotência e desconhecimento da não aprendizagem dosfilhos; as professoras: sentimentos de desmotivação, desânimo, angústia e preocupação;questionaram suas próprias atuações pedagógicas e a falta de uma compreensão da criança nasua concretude, na sua singularidade bem como a necessidade de conhecimento teórico. Emrelação ao olhar do outro, as mães consideram que os filhos se sentiam tristes com estacondição e também acreditam que não conseguem aprender; além dos sentimentos de tristeza,as professoras acreditam que os alunos também se sentem incompetentes e até envergonhadospela condição de não aprendente. Dentre as razões da não aprendizagem, identificamos umavalorização dos aspectos cognitivo, orgânico, genético, pedagógico, afetivo e fatores quedificultam esse processo tais como a ausência do acompanhamento escolar pela família, afalta de oferecimento de um serviço de orientação psicológica e a falta de conhecimento sobreas dificuldades dos alunos em aprender os conteúdos escolares. A análise dos resultadosdemonstrou que este trabalho impulsiona para a necessidade de compreendermos este dramado (não) aprender onde as significações foram sendo produzidas, marcando, portanto, acondição desse sujeito: aluno que apresenta dificuldades de aprendizagem. Contudo, essedrama configura uma situação de conflito em que alunos, professores e pais estão inseridospassando a ser, portanto, um aspecto que impulsiona profissionais que atuam na melhoria daeducação para a compreensão desse entrelaçamento e dessa condição dramática que envolve acomunidade escolar.
This document abstract is also available in English.
Bibliographical Information:

Advisor:Ana Paula Soares da Silva; Myrtes Dias da Cunha; Lucia Helena Ferreira Mendonça Costa

School:Universidade Federal de Uberlândia

School Location:Brazil

Source Type:Master's Thesis

Keywords:Constituição do eu e outro Significações (não) aprender Psicologia da aprendizagem Distúrbios de nas crianças

ISBN:

Date of Publication:02/26/2007

© 2009 OpenThesis.org. All Rights Reserved.