Details

Dobramentos distensionais e a geometria da falha de Baixa Grande, Graben de Umbuzeiro, Bacia Potiguar (RN)

by Pontes, Rodrigo Malheiros

Abstract (Summary)
Apesar do significativo estudo e exploração da Bacia Potiguar, extremo-leste da margem equatorial brasileira, pela indústria do petróleo, a bacia ainda permite uma interessante discussão acerca de sua origem e dos mecanismos de trapeamento de hidrocarbonetos associados. O mapeamento e interpretação de dados de sísmica de reflexão 3D da Falha de Baixa Grande, porção SW do Graben de Umbuzeiro, aponta como responsável pela definição da arquitetura desta porção da bacia um processo deformacional, essencialmente, distensional. A geometria da Falha de Baixa Grande é a principal condição de contorno da deformação dos estratos sedimentares da fase sin-rifte da bacia. O desenvolvimento de geometrias do tipo flat-ramp é responsável pela formação de importantes dobramentos distensionais anticlinais, muitos deles portadores de hidrocarbonetos neste segmento da bacia. A predominante deformação distensional na área de estudo, marcada pelo desenvolvimento de falhas normais, associada a estruturas indicativas de obliqüidade, sugere variações no regime distensional formador da bacia Potiguar através de processos multifásicos. A variação no trend estrutural ao longo da evolução da bacia permite a geração de zonas de comportamento local transtrativo e transpressivo, resultando no desenvolvimento do complexo padrão deformacional impresso nos estratos da fase sin-rifte da Bacia Potiguar. Análises sismoestratigráficas e de dados de poços indicam que a Falha de Baixa Grande atuou como falha lístrica de crescimento nos primeiros episódios de sedimentação da bacia. A criação de uma rampa de revezamento entre as Falhas de Baixa Grande e Carnaubais foi, provavelmente, responsável pelo equilíbrio entre as taxas de subsidência e aporte sedimentar inibindo o funcionamento da falha como falha de crescimento. A análise de sismoseqüências permite, por fim, concluir que a geração dos dobramentos distensionais é diácrona, podendo estes ser sin a pós-deposicionais
This document abstract is also available in English.
Bibliographical Information:

Advisor:Helenice Vital; Renato Marcos Darros de Matos; Valéria Centurion Córdoba; Luciano Portugal Magnavita

School:Universidade Federal do Rio Grande do Norte

School Location:Brazil

Source Type:Master's Thesis

Keywords:Falha de Borda - Rampa revezamento Rifte Geometria Bacia Potiguar(RN) Potiguar basin (RN)

ISBN:

Date of Publication:09/16/2005

© 2009 OpenThesis.org. All Rights Reserved.