Details

Determinantes morfofisiológicos de produtividade e persistência de genótipos de alfafa sob pastejo.

by Carmen Ferragine, Maria Del

Abstract (Summary)
Após a estabilização da economia na década de 1990, o cenário que vem se consolidando indica claramente o estabelecimento de mercados livres e competitivos, o que conseqüentemente, exige setores eficientes nas diversas atividades. Nesse contexto, a demanda por tecnologia tende a aumentar e, apesar da intensificação, a utilização de pastagens como principal componente da dieta dos rebanhos de animais ruminantes deverá ter o seu lugar de destaque, por ser esta a forma mais econômica de fornecer alimento aos animais. Desse modo espécies de alto potencial forrageiro como a alfafa (Medicago sativa L.), podem ser opções para melhorar a produtividade de forragem e o desempenho animal, pois associam elevada produção com alto valor nutritivo. De março de 2001 a fevereiro de 2002, foi estudado o efeito do método de pastejo sob o acúmulo de forragem total (AFT), o índice de área foliar (IAF), a interceptação luminosa (IL), e os determinantes morfofisiológicos da persistência de cinco genótipos de alfafa num Kandiudalfic Eutrudox. Um experimento do tipo "mob-grazing" foi realizado em área do Departamento de Zootecnia da ESALQ/USP, em Piracicaba, SP. O delineamento experimental foi o de blocos completos casualizados, com parcelas subdivididas (split-plot), com 10 tratamentos e 6 repetições, totalizando 60 unidades experimentais. Nas parcelas foram alocados o fator de tratamento relativo ao método de pastejo ("lotação contínua", simulada por desfolhas semanais, e "lotação rotacionada" com desfolha a cada 4 semanas na primavera-verão e a cada 6 semanas no outono-inverno). Nas sub-parcelas foram alocados os cinco genótipos de alfafa com diferentes aptidões agronômicas em termos de dormência, adaptação local e tolerância ao pastejo (ABT-805, Alfagraze, Crioula, CUF-101 e Pioneer 5432), submetidos a 295 dias de pastejo e sob irrigação. ABT-805 foi o cultivar mais produtivo sob lotação contínua (26,6 Mg MS ha -1 ano -1 ) e no pastejo rotacionado (18 Mg MS ha -1 ano -1 ) e quem teve o maior IAF médio (2,1) e o máximo valor de IL médio (53%) ao longo do experimento, sob pastejo rotacionado. Alfagraze, apesar de ser um dos menos produtivos no pastejo rotacionado (13,3 Mg MS ha -1 ano -1 ) foi semelhante em produção com o ABT-805, no pastejo com lotação contínua (26,3 Mg MS ha -1 ano -1 ), com um IL médio de 47% e valores médios de IAF de 1,1 e 1,8 para o pastejo com lotação contínua e rotacionado, respectivamente. Pioneer 5432, situou-se numa condição intermediária, com um IL médio de 49%, produção total de forragem de 24,3 e 15,3 Mg MS ha -1 ano -1 e valores médios de IAF (0.98 e 1,76) para a lotação contínua e rotacionada, respectivamente. O cultivar com melhor persistência, sob lotação contínua foi o Alfagraze com 26% de sobrevivência, enquanto sob lotação rotacionada foi o ABT-805 com 44,9%. Dos cultivares dormentes não adaptados ao pastejo, CUF-101 foi o que revelou menor persistência. Duzentos e dez dias após o inicio do pastejo, sob lotação contínua, havia somente 9,6% de alfafa na massa de forragem pré-pastejo, indicando nessa data o que aconteceria com o estande de plantas ao final do experimento. Trezentos e vinte e cinco dias após o início do pastejo, Alfagraze, ABT-805 e Pioneer 5432 apresentaram valores médios de teores e estoques de CNE em raízes e coroas, em torno de 221 e 112,9 g kg -1 MO e de 406 e 210,7 g m -2 , respectivamente. Sob lotação contínua, os estoques de CNE sofreram drástica redução nas raízes (79,8%) e coroas (84,7%) de alfafa, e em torno de 46 e 59%, respectivamente quando foi sob lotação rotacionada. Cultivares tolerantes ao pastejo tiveram valores médios de teores e estoques de nitrogênio total, nas raízes e coroas, em torno de 168,9 e 231,2 g kg -1 MO e de 331,6 e 326,9 g m -2 , respectivamente. ABT-805 e Alfagraze parecem ser produtivas e moderadamente adaptadas ao pastejo nas latitudes tropicais do Brasil Central, mas o seu uso bem sucedido dependerá das condições climáticas e do método do manejo do pastejo.
This document abstract is also available in English.
Bibliographical Information:

Advisor:Carlos Guilherme Silveira Pedreira; Miguel Dall'Agnol; Valdo Rodrigues Herling; Francisco Antonio Monteiro; Carlos Guilherme Silveira Pedreira

School:Universidade de São Paulo

School Location:Brazil

Source Type:Master's Thesis

Keywords: alfafa composição botânica genótipo indicadores de produtividades pastejo

ISBN:

Date of Publication:02/27/2003

© 2009 OpenThesis.org. All Rights Reserved.