Details

Desenvolvimento e avaliação de filtro para veia cava inferior stent-filtro.

by Pereira de, José Maria

Abstract (Summary)
A implantação do filtro de veia cava inferior é indicada na prevenção da embolia pulmonar quando a heparinização falhou ou foi contra indicada. O objetivo presente estudo foi desenvolver e avaliar um novo modelo de filtro para veia cava inferior. Na realiadade trata-se de um filtro de cava associado a um stent vascular. O filtro tem 48 mm de comprimento, sendo que 18 mm constituem o stent e 30 mm tem o filtro propriamente dito. O diâmetro, é de 28 mm sendo as partes unidas por anéis existentes nas extremidades das hastes. Os materiais utilizados na confecção de stent-filtro foram aço inoxidável aisi-302 com 0,4 mm e aço inoxidável de 0,35 mm de diâmetro. O filtro foi avaliado in vitro e in vivo em expeimento animal. In vitro avaliou-se a sua eficácia utilizando um circuito semiaberto com fluxo pulsátil, no qual o filtro foi inserido. Os trombos foram produzidos com sangue de ovelha em tubos de silicone de 3 mm de diâmetro, por 30 mm de comprimento. O circuito de teste foi perfundido com fluído isosmótico constituído por solução salina (0,9%) com adição 40% de glicerina. Os êmbolos foram lançados em 150 eventos, divididos em três estágios com 50 eventos cada, nos quais ocorreram variações dos fluxos, entre 1,0, 1,5 e 2,0 l/min para cada estágio. Para validação estatística foi utilizada a porcentagem na captação dos êmbolos. In vivo foram utilizados cinco carneiros adultos, de raça merino austrliano, sendo três fêmeas e dois machos, com peso entre 32 a 40 kg. Foram realizadas avaliações macroscópicas da parede de veia e do filtro in loco após sacrifício de animais. Fragmentos das paredes das veias foram inclusos em parafina, cortados com cinco micrômetro de espessura, fixados em lâminas e corados com hematoxilina e eosina para avaliação histológica in vitro o filtro capturou 92% dos êmbolos em eventos isolados. Na avaliação macroscópica o filtro estava pérvio, fixado e limitado às paredes das veias, sem sinais de perfuração ou fraturas na sua estrutura. A histologia demonstrou endotelização completa nas regiões dos stents e áreas de ausência de endotélio nas regiões dos filtros com hiperplasia da íntima. Em conclusão foi possível o desenvolvimento de um stent-filtro, de baixo custo e eficaz na captura de êmbolos de 3 mm. Sua fixação mostrou-se satisfatória nas paredes das veias. O maior volume de material que o constitui foi compensado pela endotelização presente na região do implante do stent. Foram contudo observadas algumas áreas desendotelizadas na região do filtro, sugerindo trauma mecânico do filtro na parede dos vasos.
This document abstract is also available in English.
Bibliographical Information:

Advisor:Moacir Fernandes de Godoy; Alberto Coimbra Duque; Fabio Biscegli Jatene; Domingo Marcolino Braile

School:Faculdade de Medicina de São José do Rio Preto

School Location:Brazil

Source Type:Master's Thesis

Keywords:CIRURGIA CARDIOVASCULAR Desenvolvimento/Avaliação

ISBN:

Date of Publication:09/16/2002

© 2009 OpenThesis.org. All Rights Reserved.