Details

Desenvolvimento de mudas de maracujazeiro amarelo e tubetes

by Pereira da, Ana Paula

Abstract (Summary)
Grande parte do sucesso de uma cultura está em implantá-la com mudas dequalidade. Na literatura, encontram-se informações escassas quanto a determinadosfatores da produção de mudas de maracujazeiro amarelo em tubetes, dificultando aatividade dos viveiristas. O presente trabalho teve por objetivo geral ampliar osconhecimentos na produção de mudas de maracujazeiro amarelo (Passiflora edulisSims f. flavicarpa Deg.) em tubetes, estudando formas de semeadura, quebra dedormência em sementes, tipos de estacas, uso de hormônio enraizador, além do volumee granulometria de substrato, visando à obtenção de mudas de qualidade nas condiçõesde Uberlândia-MG. No primeiro capítulo, são apresentadas informações a respeito daimportância da cultura do maracujazeiro amarelo e alguns procedimentos adotados noscapítulos subseqüentes. No segundo capítulo, o objetivo foi avaliar a influência dovolume e da granulometria do substrato comercial sobre o desenvolvimento vegetativodas mudas. Concluiu-se que a redução do volume e da granulometria do substratoafetou a aeração e a drenagem, diminuindo o crescimento e desenvolvimento das mudasde maracujazeiro amarelo. As mudas produzidas no substrato comercial, nagranulometria original e no volume de 180 mL, obtiveram melhor resposta para alturada planta, número de folhas, diâmetro do caule, massa seca da parte aérea e das raízes.No terceiro capítulo, o objetivo foi avaliar a capacidade de enraizamento edesenvolvimento das mudas provenientes de estacas das porções apical, mediana e basalde ramos de maracujazeiro-amarelo (Passiflora edulis Sims f. flavicarpa Deg.)submetidas a diferentes doses do ácido indolbutírico, nas condições de Uberlândia-MG.Os resultados obtidos mostraram que as estacas oriundas das porções mediana e basalde ramos de maracujazeiro amarelo apresentaram altas percentagens de enraizamento(79,1% e 91,6%, respectivamente), mesmo sem aplicação de AIB. Por outro lado, o usoda auxina melhorou o potencial de enraizamento das estacas apicais, alcançando 80,5%de estacas enraizadas, na dosagem de 500 mg L-1. Além disso, o hormônio promoveuaumento no comprimento da brotação e na quantidade de massa seca da parte aérea edas raízes. No quarto capítulo, o objetivo foi avaliar a influência da profundidade desemeadura e da quebra de dormência das sementes sobre o vigor e o desenvolvimentovegetativo das mudas. Os resultados obtidos mostraram que sementes de maracujazeiroamarelo, independente de serem ou não submetidas às técnicas para quebra dedormência, apresentaram maior germinação na profundidade de 2,0 cm. As sementesimersas em água, na temperatura ambiente por 24 horas e semeadas na profundidade de2,0 cm emergiram mais rápido. As técnicas de imersão em água na temperaturaambiente por 24 horas, e imersão em água a 35ºC por 15 minutos, foram bastanteeficientes, promovendo alta germinação de sementes (96,9% e 95,4%, respectivamente)e desenvolvimento de mudas com maior número de folhas, altura, diâmetro do caule equantidade de massa seca da parte aérea e do sistema radicular.
This document abstract is also available in English.
Bibliographical Information:

Advisor:Mauricio Martins; Pedro Henrique Ferreira Tomé; Ronaldo Veloso Naves; Berildo de Melo

School:Universidade Federal de Uberlândia

School Location:Brazil

Source Type:Master's Thesis

Keywords:AGRONOMIA Mudas Tubetes Maracujá - Cultivo

ISBN:

Date of Publication:12/05/2006

© 2009 OpenThesis.org. All Rights Reserved.