Details

Dependencia dialógica na aquisição de segunda língua

by Jeruchimson, Paula Torres

Abstract (Summary)
Pretende-se, neste estudo, verificar a relação de dependência dialógica, processo concebido como um espelhamento no desenrolar da conversação na interação face-a-face, que conduz a mudanças estruturais, como processo envolvido na aquisição de segunda língua. Essa dependência se faz ver nos deslocamentos do aprendiz em uma estrutura de aquisição em que comparecem, além da fala do próprio aprendiz, o professor, a língua alvo (inglês, neste estudo) e a língua materna. Tal deslocamento é abordado a partir das mudanças de relação da fala do aprendiz com esses elementos, hipotetizados neste estudo como pólos estruturalmente vinculados. Participa deste estudo uma turma de cinco estudantes de inglês de uma escola de idiomas da cidade de Recife. A transcrição de registros em vídeo da produção oral dos aprendizes e professor, de um período de oito horas de aulas, é analisada em cadeias dialógicas a fim de demonstrar como o aprendiz de segunda língua apoia-se em uma atividade discursiva que privilegia essas relações estruturalmente vinculadas. O modelo estrutural de De Lemos (2002) cumpre uma função heurística neste estudo. Ao modelo triádico proposto por essa autora para o estudo da aquisição da língua materna, acrescentamos mais um pólo estrutural, partindo da hipótese de que as relações do aprendiz com sua própria língua caracterizariam uma posição estrutural distinta em sua trajetória para o alvo, ou seja, a aquisição de uma segunda língua. Uma primeira discussão dos dados deste estudo conclui que a heterogeneidade das relações que o aprendiz estabelece com a língua materna não nos permite considerá-la um pólo distinto da estrutura de aquisição de segunda língua. Assim, o modelo inicialmente hipotetizado para este estudo não pode abarcar a complexidade das relações com a língua materna que a aquisição de segunda língua envolve. O fenômeno do espelhamento, tomado dos estudos de De Lemos (2002), pressupõe a condição de que o outro (a mãe, no caso desses estudos), em interação com a criança, seja um ?representante da língua?. Assim, tendo em vista essa condição do outro, a análise dos dados desta investigação compara as interações aprendiz/aprendiz e professor/aprendiz, para abordar efeitos de espelhamento em cada uma dessas interações, e avaliar em que medida os tipos de interação freqüentemente empregados pelas metodologias de ensino de línguas podem, ou não, contribuir com a trajetória do aprendiz em direção à língua-alvo. A hipótese de dependência dialógica, através do espelhamento, se confirma e abre um caminho para as pesquisas na área da aquisição de segunda língua que abordam o erro, o fenômeno da fossilização e as interações nas metodologias de ensino
This document abstract is also available in English.
Bibliographical Information:

Advisor:Glória Maria Monteiro de Carvalho

School:Universidade Federal de Pernambuco

School Location:Brazil

Source Type:Master's Thesis

Keywords:Aquisição segunda língua espelhamento papel do outro

ISBN:

Date of Publication:05/05/2005

© 2009 OpenThesis.org. All Rights Reserved.