Details

A SÍNDROME DE BURNOUT NO CONTEXTO HOSPITALAR PEDIÁTRICO

by MAGALHÃES, ANDREA BATISTA

Abstract (Summary)
Este estudo trata da investigação da Síndrome de Burnout em profissionais queatuam em contexto hospitalar pediátrico. O Burnout ? ou estresse crônicoocupacional - tem sido um tema de interesse de diversos pesquisadores que buscamcompreender questões relativas à saúde do trabalhador. Desta forma, objetivou-seidentificar, descrever e compreender indicadores de Burnout entre profissionais desaúde de uma pediatria de um hospital universitário público. Foram utilizados osQuestionários Breve de Burnout (CBB) e de Personalidade Resistente ao Burnout(CPR), além de uma entrevista semi-estruturada. Participaram da pesquisa 27profissionais com escolaridade mínima de graduação, que atuam na Pediatria do HCUFG(10 médicos; 7 enfermeiras; 5 multiprofissionais, ou sejam, Assistente Social,Musicoterapeuta, Nutricionista, Pedagoga e Psicóloga; e, 5 Médicas Residentes). Aanálise quantitativa revelou que os profissionais ainda não estão em Burnout, mastêm escores médio em Processos de Burnout, ou seja, já são afetados por fatores queprecedem a Síndrome de Burnout. Nos fatores organizacionais, as equipes tiveramescores baixo nas subescalas de Tarefa e de Organização. Na subescala Tédio,Enfermeiras e Médicas Residentes cotaram escores alto, que indicam estaremcaminhando para a Exaustão Emocional. A análise do CPR mostrou Médicos eEquipe Multiprofissional com escore alto em Implicação. Em relação ao Controle,Equipe Multiprofissional e Residentes tiveram escores baixo, e sobre Desafio,Médicos e Médicos-Residentes cotaram escores alto. O CPR avaliou que apenas osMédicos mantém vulnerabilidade alta com relação ao Burnout. A análise qualitativademonstrou que os profissionais estão sendo afetados pela variável organizacional,trazendo transtornos físicos e psicosociais. A Exaustão Emocional é representada por57 citações (menções discursivas), mas o nível de satisfação profissional também éalto. Os fatores mais citados pelos profissionais como estressores e produtores dedesgastes profissionais são: estressores físicos e psicológicos, condição de trabalhoinsatisfatória, relações de trabalho insatisfatórias e sobrecarga de trabalho e/ouhorários. Ressalta-se a importância de trabalhar junto à instituição estabelecendoações preventivas à Síndrome de Burnout, vez que, instalados e diagnosticados, osprejuízos são de ordem individual, coletiva e organizacional. Considera-se,finalmente, a necessidade da continuidade de pesquisas, relativas ao Burnout, comprofissionais que trabalham em outras clínicas do HC/UFG.
This document abstract is also available in English.
Bibliographical Information:

Advisor:SEBASTIÃO BENÍCIO DA COSTA NETO

School:Universidade Católica de Goiás

School Location:Brazil

Source Type:Master's Thesis

Keywords:Pediatria Saúde do Trabalhador Equipe de

ISBN:

Date of Publication:02/22/2006

© 2009 OpenThesis.org. All Rights Reserved.