Details

Da metáfora à substância: redes sociais, redes migratórias e migração nacional e internacional em Valadares e Ipatinga

by Soares, Weber; Nascimento Rodrigues, Roberto do

Abstract (Summary)
Este trabalho lança luz sobre as conexões entre a emigração internacional, a rede migratória internacional e as redes migratórias internas, tratadas à luz de duas perspectivas analíticas complementares de redes sociais: a ptolomaica (egocentrada) e a copernicana (rede completa). A incursão analítica no domínio dessas conexões tem como origem a estranheza causada pelo fato de que "tradições" similares de migração internacional tenham se desenvolvido no âmbito da polaridade expressa pela relativa estagnação da economia valadarense e o dinamismo da economia ipatinguense. O recurso ao painel teórico sobre a análise de redes sociais dá margem à assertiva de que a transformação da migração internacional em fenômeno de massa em Valadares e Ipatinga deve-se à constituição de uma rede migratória internacional que se vale de redes sociais existentes e enseja a criação de outras redes em torno do "princípio" compartilhado de migrar. Essa rede, originada em Valadares, amplia seu campo de ação e incorpora regiões vizinhas. O primeiro movimento de aferição da consistência interna dessa assertiva lança mão de técnicas demográficas diretas e indiretas e dos dados censitários de 1970, de 1980 e de 1991 para dar conta do peso da emigração internacional na dinâmica demográfica da microrregião valadarense e da ipatinguense. Na seqüência, as singularidades da emigração internacional de Valadares revelam-se nos nexos entre a emigração internacional e a rede migratória internacional valadarense, nos elementos constituintes dessa rede e nas condições estruturais que permitem levar a efeito o migrar para outros países. O tratamento dado às trocas populacionais internas de Valadares e de Ipatinga com o restante do território nacional, nos períodos 1970/1980 e 1981/1991, de acordo com perspectiva ptolomaica da análise de redes sociais permite apreender os fluxos migratórios que mais intensamente vincularam-se a essas duas microrregiões mineiras e, com isso, põe em evidência os vínculos entre a migração interna e a migração internacional. Por fim, o passo analítico que considera as trocas populacionais - imigrantes e emigrantes de última etapa migratória - dos períodos 1970/1980 e 1981/1991, entre 91 microrregiões brasileiras, consoante a perspectiva copernicana das redes sociais, identifica as microrregiões que estão mais ou menos conectadas pela migração interna, as que são mais centrais, as que conferem mais estabilidade às estruturas reticulares e as que ocupam posições similares.
This document abstract is also available in English.
Bibliographical Information:

Advisor:Roberto do Nascimento Rodrigues; Eduardo Luiz Goncalves Rios Neto; Jose Alberto Magno de Carvalho; Ana Cristina Braga; Heloisa Soares de Moura Costa; Haruf Salmen Espindola; Jose Irineu Rangel Rigotti

School:Universidade Federal de Minas Gerais

School Location:Brazil

Source Type:Master's Thesis

Keywords:estrutura social governador valadares mg teses ipatinga migraã§ã£o

ISBN:

Date of Publication:12/18/2002

© 2009 OpenThesis.org. All Rights Reserved.