Details

DA ECOLOGIA SOCIAL À EDUCAÇÃO AMBIENTAL: AS CONTRIBUIÇÕES DO PENSAMENTO LIBERTÁRIO DE MURRAY BOOKCHIN DA ECOLOGIA SOCIAL À EDUCAÇÃO AMBIENTAL: AS CONTRIBUIÇÕES DO PENSAMENTO LIBERTÁRIO DE MURRAY BOOKCHIN

by da Silva, André Lemes

Abstract (Summary)
A Educação Ambiental se apresenta como sendo um importante espaço de diálogos que convergem para o debate e superação das atuais questões socioambientais que nos acompanham. Nesse sentido, esta dissertação trata de estudar, no contexto do pensamento libertário, a obra do pensador e militante anarquista Murray Bookchin, buscando a identificação de categorias conceituais que possibilitem analisar quais as contribuições que o pensamento desse autor pode trazer para o campo da Educação Ambiental. São, basicamente, dois os meus objetivos com esta pesquisa: 1) Identificar e apresentar o contexto da obra do pensador libertário Murray Bookchin, destacando os aspectos da mesma que contenham subsídios teórico-epistemológicos para oentendimento das questões ecológicas contemporâneas; 2) Contribuir, através desses subsídios teórico-epistemológicos para a ampliação dos espaços de diálogos que se apresentam no campo dos fundamentos da Educação Ambiental. O desenvolvimento do trabalho se amparou na perspectiva da pesquisa historiográfica e no método da análise documental de cunho qualitativo. Desse modo, na busca de atribuir sentidoaos objetivos propostos, foram se apresentando, em torno do mote principal, algumas possibilidades que encaminharam o desenvolvimento da pesquisa. Nesse sentido, para falar sobre a obra de Murray Bookchin, destaco o contexto teórico quefundamenta seu pensamento, ou seja, o cenário no qual emerge a perspectiva do pensamento libertário, identificando e situando as tendências e grupos. Seguindo, apresento a vida e o conjunto da obra de Bookchin para, ao final, empreender um esforço no sentido de apresentar as principais idéias e premissas que sustentam o seu pensamento e que se vinculam ao contexto da crise socioambiental contemporânea,bem como as alternativas para a superação desse quadro. Partindo disso, realizei uma leitura sobre o processo de constituição do movimento da Educação Ambiental, identificando algumas das estruturas conceituais e temáticas que lhe atribuíram e atribuem sentidos. Numa última direção, destaco em que medida as categorias emergentes nesse processo, poderão contribuir, ou mesmo servir como referências para a ampliação dos diálogos no campo dos fundamentos da Educação Ambiental. Concluo que a obra de Murray Bookchin contém importantes subsídios teóricoepistemológicos que possibilitam ampliar a compreensão da complexidade das questões ecológicas, assim como apresenta importantes alternativas para a sua superação. A Educação Ambiental se apresenta como sendo um importante espaço de diálogos que convergem para o debate e superação das atuais questões socioambientais que nos acompanham. Nesse sentido, esta dissertação trata de estudar, no contexto do pensamento libertário, a obra do pensador e militante anarquista Murray Bookchin, buscando a identificação de categorias conceituais que possibilitem analisar quais as contribuições que o pensamento desse autor pode trazer para o campo da Educação Ambiental. São, basicamente, dois os meus objetivos com esta pesquisa: 1) Identificar e apresentar o contexto da obra do pensador libertário Murray Bookchin, destacando os aspectos da mesma que contenham subsídios teórico-epistemológicos para oentendimento das questões ecológicas contemporâneas; 2) Contribuir, através desses subsídios teórico-epistemológicos para a ampliação dos espaços de diálogos que se apresentam no campo dos fundamentos da Educação Ambiental. O desenvolvimento do trabalho se amparou na perspectiva da pesquisa historiográfica e no método da análise documental de cunho qualitativo. Desse modo, na busca de atribuir sentidoaos objetivos propostos, foram se apresentando, em torno do mote principal, algumas possibilidades que encaminharam o desenvolvimento da pesquisa. Nesse sentido, para falar sobre a obra de Murray Bookchin, destaco o contexto teórico quefundamenta seu pensamento, ou seja, o cenário no qual emerge a perspectiva do pensamento libertário, identificando e situando as tendências e grupos. Seguindo, apresento a vida e o conjunto da obra de Bookchin para, ao final, empreender um esforço no sentido de apresentar as principais idéias e premissas que sustentam o seu pensamento e que se vinculam ao contexto da crise socioambiental contemporânea,bem como as alternativas para a superação desse quadro. Partindo disso, realizei uma leitura sobre o processo de constituição do movimento da Educação Ambiental, identificando algumas das estruturas conceituais e temáticas que lhe atribuíram e atribuem sentidos. Numa última direção, destaco em que medida as categorias emergentes nesse processo, poderão contribuir, ou mesmo servir como referências para a ampliação dos diálogos no campo dos fundamentos da Educação Ambiental. Concluo que a obra de Murray Bookchin contém importantes subsídios teóricoepistemológicos que possibilitam ampliar a compreensão da complexidade das questões ecológicas, assim como apresenta importantes alternativas para a sua superação.
This document abstract is also available in English.
Bibliographical Information:

Advisor:Maria do Carmo Galiazzi; Fernando Oliveira Noal; Alfredo Guillermo Martín; José Vicente de Freitas

School:Fundação Universidade Federal do Rio Grande

School Location:Brazil

Source Type:Master's Thesis

Keywords:educação ambiental ecologia social autogestão hierarquias municipalismo libertário EDUCACAO

ISBN:

Date of Publication:11/12/2007

© 2009 OpenThesis.org. All Rights Reserved.