Details

DA EDUCAÇÃO AMBIENTAL E SUA IMERSÃO NO AMBIENTE ESCOLAR: UM DIÁLOGO HORIZONTAL ENTRE SUJEITOS E SEUS SABERES

by Encarnação, Fátima Luvielmo

Abstract (Summary)
Esta pesquisa, de cunho qualitativo, tem como foco central evidenciar as possibilidades da Educação Ambiental na escola a partir de análise textual qualitativa efetivada em textos teóricos. O ciclo desse tipo de análise se constitui de trêselementos básicos: desconstrução, emergência do novo e comunicação. Logo, para a aplicação da referida metodologia, as obras foram unitarizadas, isto é, procedeu-se àdesconstrução dos textos em unidades de significado e, após trabalho de reagrupamento das mesmas por semelhança, atingiu-se à categorização. Na etapa seguinte, em trabalho de síntese, os textos foram reconstruídos através de umacomunicação escrita própria, denominada metatexto. Os autores e as obras selecionadas (corpus de análise) para a realização do trabalho foram, respectivamente, Martha Tristão, cujo livro tem como título A educação Ambientalna formação de professores: redes de saberes e Mauro Guimarães, cujo texto é intitulado A formação de educadores ambientais. O discurso teórico dos dois autores,suas idéias, palavras e reflexões unitarizadas e categorizadas tornaram-se, na realidade desta investigação, interlocução teórica e ?dados empíricos?. As categoriasemergiram dos textos, não houve definição a priori. Três surgiram do texto de Tristão: a crença na sustentabilidade como forma de manter a vida em níveis de justiça social e equilíbrio; a aposta no novo como mudança imprescindível; e odiálogo como convergência entre várias áreas do saber. Do texto de Guimarães emergiram duas categorias: a definição dos campos de disputa da Educação Ambiental como meio de percepção das diferenças ideológicas e dos conflitos deinteresse que permeiam a sociedade atual e se refletem no meio ambiente. Essa categoria ampla abarca subcategorias: hegemonia, sustentabilidade, modernização, progresso e cidadania.Tais conceitos, no entender do autor foram esvaziados pela cooptação do sistema e precisam ser ressignificados. A segunda categoria que brotou da obra de Mauro foi ? a ruptura com as armadilhas paradigmáticas como forma de alcançar a prática consciente de uma Educação Ambiental que se pretende crítica, emancipatória e política. As referidas categorias teorizadas e reagrupadas formammetatextos que discutem e apresentam questões centradas na Educação Ambiental e nas formas de abordá-la na escola. A partir da análise e da teorização, foi possível chegar a problematizações acerca do ?discurso do novo? e do uso da expressão ?inserção da dimensão ambiental? na escola.
This document abstract is also available in English.
Bibliographical Information:

Advisor:Elizabeth Brandão Schmidt; Roque Moraes; Maria do Carmo Galiazzi

School:Fundação Universidade Federal do Rio Grande

School Location:Brazil

Source Type:Master's Thesis

Keywords:Educação ambiental práxis mediadora inserção dimensão EDUCACAO

ISBN:

Date of Publication:09/28/2007

© 2009 OpenThesis.org. All Rights Reserved.