Details

Da aldeia à favela: estudo da identidade de índios Pankararu no Real Parque

by França, Vanessa Abdo

Abstract (Summary)
Apesar deste trabalho tratar de uma população indígena originalmente pernambucana, este tem como pano de fundo a cidade de São Paulo e suas idiossincrasias enquanto zona urbana, metropolitana e com graves desigualdades sociais. O objetivo foi realizar um estudo da Identidade de índios Pankararu residentes na Favela do Real Parque em São Paulo. Para abordar esse assunto foi realizada uma entrevista analisada de forma qualitativa, partindo do pressuposto de que são portadores de um discurso social. A análise do material foi feita à luz da Psicologia Social. Neste trabalho pode - se perceber que para os entrevistados, o que define ser índio Pankararu é a ascendência, que o local de nascimento não interfere na condição de ser índio, nem as características fenotípicas. Em relação aos não ? índios moradores da favela, ora há reconhecimento com a condição de ?morador de favela?, ora há distanciamento dessa situação e uma total identificação com a etnia de origem. A identificação com a situação de ?morar em favela? esta principalmente relacionada aos problemas enfrentados. Assim, a identidade indígena é importante para ir contra a naturalização da pobreza principalmente porque a condição de morador de favela ? enquanto identidade é armadilha que facilita a desconstrução da identidade Pankararu
This document abstract is also available in English.
Bibliographical Information:

Advisor:Salvador Antonio Meirelles Sandoval

School:Pontifícia Universidade Católica de São Paulo

School Location:Brazil

Source Type:Master's Thesis

Keywords:PSICOLOGIA SOCIAL Índios Pankararu Favela Real Parque (Sao Paulo, SP) Indios -- Sao Paulo (cidade) Identidade etnica

ISBN:

Date of Publication:04/14/2008

© 2009 OpenThesis.org. All Rights Reserved.