Details

Culturas de cobertura de inverno na implantação de sistema de plantio direto sem uso de herbicidas

by Hertwig Bittencourt, Henrique Von

Abstract (Summary)
Este trabalho tem o objetivo de apresentar os resultados de uma pesquisa destinada a identificar a capacidade supressiva das culturas de cobertura de inverno utilizadas por agricultores familiares e recomendadas por técnicos e pesquisadores sobre as plantas espontâneas de verão e o efeito da fitomassa das culturas de cobertura no rendimento da cultura de feijão. Investigou-se o efeito das culturas de cobertura de inverno com centeio (Secale cereale), aveia preta (Avena strigosa), azevém (Lolium multiflorum), ervilhaca (Vicia sativa) e nabo forrageiro (Raphanus sativus), assim como algumas associações, em sistema de plantio direto na porcentagem de cobertura do solo, na produção de fitomassa das coberturas de inverno, na produção de fitomassa de plantas espontâneas de verão no período crítico de competição com o feijão e no rendimento de grãos da cultura do feijão. Instalou-se o experimento na estação experimental da EPAGRI de Campos Novos (940 m de altitude) com delineamento experimental constituído por blocos ao acaso com quatro repetições e nove tratamentos. Observaram-se as maiores percentagens de cobertura do solo no inverno com os tratamentos centeio + ervilhaca, centeio + ervilhaca + nabo forrageiro e aveia + ervilhaca enquanto a produção de fitomassa de cobertura foi maior com centeio + ervilhaca + nabo forrageiro. As espécies de espontâneas que mais produziram fitomassa foram, em ordem crescente, capim-papuã (Brachiaria plantaginea), corda-de-viola (Ipomoea grandifolia), picão-preto (Bidens pilosa) e leiteiro (Euphorbia heterophylla). Não foi detectada correlação da fitomassa de cobertura com a supressão de plantas espontâneas de verão; o efeito de supressão foi maior no monocultivo de azevém e no consórcio de centeio + ervilhaca + nabo forrageiro. Os melhores rendimentos de feijão foram obtidos com azevém, aveia e centeio + ervilhaca, que atingiram 1,95, 1,73 e 1,79 Mg ha-1 respectivamente. O azevém e a aveia apresentaram os menores custos com sementes e as maiores receitas, ou seja, os maiores retornos por unidade monetária investida.
Bibliographical Information:

Advisor:Paulo Emílio Lovato; Jucinei José Comin; Antonio Carlos Alves; Luiz Carlos Pinheiro Machado Filho; Edson Silva

School:Universidade Federal de Santa Catarina

School Location:Brazil

Source Type:Master's Thesis

Keywords:agroecossistemas ecologia agrícola plantio direto agronomia

ISBN:

Date of Publication:05/30/2008

© 2009 OpenThesis.org. All Rights Reserved.