Details

Cultura de celulas vero sobre polimeros bioabsorviveis a base de poli(L-acido lactico)

by dos Santos, Arnaldo Rodrigues

Abstract (Summary)
Os biornateriais poliméricos são compostos desenvolvidos para serem utilizados como substitutos de tecidos danificados. Urna classe de biomateriais poliméricos utilizados são os bioabsorvíveis, que são compostos que se decompõe tanto in vitro quanto in vivo, e são utilizados em tecidos que necessitam de um suporte temporário até que a recomposição tecidual se concretize. Dentre os vários polímeros bioabsorvíveis, se destacam os dispositivos a base do poli(L-ácido láctico) [PLLA] por apresentar boa biocompatibilidade e os produtos de sua decomposição serem eliminados do corpo por vias metabólicas.Membranas densas de PLLA ou com poros de diferentes diâmetros (> que 451lm, entre 180-2501lm e entre 250-350Ilm) foram avaliadas quanto a adesão, crescimento e diferenciação de células fibroblásticas em cultura. Observamos que as células aderem lentamente às membranas de PLLA. Uma vez aderi das, as células apresentaram variações em seus padrões morfológicos de acordo com as características estruturais do substrato no qual elas cresceram. Em todos os substratos de PLLA estudados, as células não apenas foram capazes de proliferar sobre a superficie dos mesmos como também foram hábeis em produzir uma matriz extracelular rica em colágeno tipo IV e fibronectina. Avaliamos também o comportamento das células fibroblásticas sobre blendas de PLLA com poli(hidroxibutirato-co-hidroxivalerato) [pHBV] em diferentes proporções (100/0, 60/40, 50/50, 40/60, 0/100). Nas blendas de PLLAlPHBV, também observamos a adesão celular lenta e uma morfologia variável, variando de células arredondadas à completamente achatadas e unidas por prolongamentos, de acordo com as características fisicas e topográficas do substrato. Também observamos que os substratos foram capazes de estimular a proliferação celular e a produção de um matriz extracelular rica em colágeno tipo IV e fibronectina. A análise conjunta dos resultados mostra que os diferentes substratos a base de PLLA estudados não apresentam toxicidade, uma vez que as células são capazes de crescer e proliferar sobre eles. Sobretudo, as células foram capazes de se diferenciarem sobre os diferentes polímeros, uma vez que passam a produzir uma matriz extracelular rica em colágeno IV, comportamento incomum a células fibroblástica
This document abstract is also available in English.
Bibliographical Information:

Advisor:Maria Lucia Furlan Wada; Maria Lucia Furlan Wada [Orientador]; Christiane Bertachini Lombello; Sonia Maria Malmonge; Gilberto Goissis; Paulo Pinto Joazeiro

School:Universidade Estadual de Campinas

School Location:Brazil

Source Type:Master's Thesis

Keywords:Celulas - Diferenciação Bacterias produtoras de acido lactico

ISBN:

Date of Publication:07/26/2001

© 2009 OpenThesis.org. All Rights Reserved.