Details

Controle do percevejo-de-renda-da-seringueira (Leptopharsa heveae) com fungos entomopatogênicos.

by Tanzini, Marcel Ricardo

Abstract (Summary)
Os estudos da epizootiologia foram realizados em Pindorama-SP e em Itiquira-MT durante dois anos. No primeiro local, constatou-se em agosto de 1998 uma epizootia de Sporothrix sp. em ninfas do percevejo. Em Itiquira, quando a infestação atingiu 56 ninfas e 18 adultos/folha, verificou-se a ocorrência natural de Sporothrix sp., reduzindo significativamente a população. Na seleção de fungos entomopatogênicos, testou-se sessenta isolados obtidos de diferentes hospedeiros e localidades sobre ninfas do 4º ínstar. Os melhores isolados foram B. bassiana (619 e 1196) com 56 e 84% de mortalidade com 3 dias após a inoculação, M. anisopliae (1144 e 1104) ambos com 90%, S. insectorum (1229) com 92% e P. fumosoroseus (1200) com 100%. Trichoderma sp., após quatro dias da inoculação causou 78% de mortalidade. Na avaliação de campo, as concentrações superiores a 10 12 e 10 13 conídios/ha foram eficientes para controle do percevejo sendo que os fungos P. fumosoroseus (1200), B. bassiana (447) e M. anisopliae (1175 e 1144) foram eficientes para controle de L. heveae. Nos estudos de toxicidade, as formulações Decis e Nuvacron foram compatíveis com B. brongniartii (619). A maioria das combinações, com exceção da formulação de Decis foi compatível com V. lecanii (972). M. anisopliae (1144) foi muito sensível para todas as formulações. Nuvacron e Stron foram compatíveis com B. bassiana (1196), P. fumosoroseus (1200) e S. insectorum (1229). Marshal foi compatível com B. bassiana (1196) e S. insectorum (1229) e Dipterex foi compatível com P. fumosoroseus (1200). Avaliou-se dois métodos de produção e dois meios de cultura para os fungos B. bassiana (1196), M. anisopliae (1189), Sporothrix insectorum (1229), Paecilomyces fumosoroseus (1200) e Verticillium lecanii (1200). Os fungos P. fumosoroseus e B. bassiana foram os que mais produziram pelo método da caixa. No método da bandeja, B. bassiana foi o fungo mais produtivo. Entre os métodos de produção testados V. lecanii produziu mais no método de bandeja e P. fumosoroseus no método da caixa. Em observações em Microscópio Eletrônico de Varredura LEO 435VP (MEV) verificou-se que em geral, todos os hifomicetos apresentaram ciclos biológicos semelhantes sobre L. heveae, tendo um período de adesão, germinação e início da penetração de 24 h, crescimento vegetativo entre 48 e 72 h, e a extrusão e conidiogênse dos patógenos em 96 h.
This document abstract is also available in English.
Bibliographical Information:

Advisor:Sergio Batista Alves; José Eduardo Marcondes de Almeida; Sergio Batista Alves; Sergio de Freitas; Paulo de Souza Gonçalves; Sinval Silveira Neto

School:Universidade de São Paulo

School Location:Brazil

Source Type:Master's Thesis

Keywords: controle biológico (fitossanidade) percevejo-de-renda seringueira

ISBN:

Date of Publication:04/12/2002

© 2009 OpenThesis.org. All Rights Reserved.