Details

Controle de Salmonella Typhimurium em frangos de corte uti-lizando composto com ácido benzóico, fumárico e 2-hidróxi-me-tiltio-butanóico Control of Salmonella Typhimurium in broilers usinq blend of acid benzoic, fumaric, and 2-hudroxi-metiltio-butanoic

by Rocha, Tatiane Martins

Abstract (Summary)
Foi conduzido um experimento utilizando-se 630 pintos com um dia de idade como objetivo de avaliar os efeitos de ácidos orgânicos, frente à inoculaçãoexperimental de Salmonella Typhimurium sobre a saúde intestinal, desempenho,bacteriologia de órgãos e função hepática. As aves foram distribuídas emdelineamento inteiramente ao acaso com seis tratamentos e sete repetições com15 pintos cada. O desafio experimental com a bactéria ocorreu por duas vias deadministração: via inglúvio, ao primeiro dia após eclosão, e via ração durante operíodo de sete a 14 dias de idade. Estes grupos foram tratados ou não comácidos orgânicos, definindo-se desta forma, um esquema fatorial de 3x2 (agenteversus ácidos orgânicos). Os pintos dos tratamentos preconizados parainoculação no primeiro dia de vida receberam via inglúvio, a dose de 5,0 x 102/0,5mL unidades formadoras de colônias (UFC) de Salmonella Typhimurium. Ostratamentos com contaminação via ração, receberam o desafio na dosagem de5,0 x 102 UFC de Salmonella Typhimurium/ kg de ração. O teste de Tukey (5%) foiutilizado para análises das variáveis. Os grupos tratados com ácidos orgânicosapresentaram melhores de ganho de peso, peso médio e conversão alimentar(plt;0,05) aos 14, 21 e de ganho de peso e peso médio (plt;0,05) aos 28 dias deidade. Os grupos inoculados com Salmonella Typhimurium apresentaram pioresíndices de desempenho (plt;0,05) aos sete, 14 e 28 dias. O peso do intestinodelgado foi maior (plt;0,05) para os grupos inoculados quando comparado aogrupo controle, entretanto com comprimento menor para o mesmo fragmentointestinal. O tratamento inoculado via inglúvio e tratado com ácidos orgânicosapresentou menores valores (plt;0,05) de unidades formadoras de colônia/g deEscherichia coli em excretas do que os grupos que foi comparado. O pH doconteúdo do conteúdo cecal e do intestino delgado não foi afetado (pgt;0,05) pelaadição de ácido, enquanto o pH do intestino delgado dos grupos inoculados foimenor (plt;0,05) quando comparado ao grupo controle negativo durante todo operíodo experimental. Também foi verificado menor peso (plt;0,05) de fígado paraos grupos controle negativo aos 21 e 28 dias. Os grupos tratados com ácido,independente da via de administração com Salmonella Typhimurium, obtiverammenores freqüências de isolamento em todos os órgãos analisados. Foramtambém observadas alterações (plt;0,05) na bioquímica sérica hepática e naanálise histopatológica do fígado pela atuação da Salmonella. Pode-se concluirque o ácido utilizado na dosagem de 0,4% potencializou o desempenho, foi eficazno controle de Salmonella Typhimurium e não promoveu lesões hepáticas,quando da inoculação experimental de Salmonella Typhimurium ácido nalidíxicoresistente.
Bibliographical Information:

Advisor:Maria Auxiliadora Andrade

School:Universidade Federal de Goiás

School Location:Brazil

Source Type:Master's Thesis

Keywords:aves contaminação controle conversão alimentar ciencias agrarias birds contamination control feed to gain ratio salmonelosis

ISBN:

Date of Publication:07/24/2008

© 2009 OpenThesis.org. All Rights Reserved.