Details

Control+c: autoria na rede

by Tavares Costa, Maria Teresa

Abstract (Summary)
Ctrl+C - autoria na rede estuda os novos formatos de criação que emergiram naInternet. Para além das discussões do ponto de vista jurídico, o trabalho concentraseem parâmetros estéticos e críticos de experiências de arte em rede que apontampara a redefinição do conceito de autoria no âmbito das mídias digitais e no própriocontexto da cultura contemporânea.Para dar conta deste percurso, o texto parte de um entendimento dasparticularidades técnicas da rede relacionadas às trocas simbólicas que nela seestabelecem. Em uma primeira etapa, a pesquisa investiga o conceito de Cultura deRede através das relações sócio-técnicas que a compõem. Sobre a discussão deAlexander Galloway em relação aos protocolos que governam o fluxo decomunicação na Internet, os conceitos de código e interface são articulados com oobjetivo de definir uma linguagem própria dos objetos digitais. Para estas discussõessão utilizadas as teorias de Lev Manovich, Margot Lovejoy, Florian Cramer e JayDavid Bolter & Richard Grusin.Após a definição das especificidades da Cultura de Rede, tornou-se possível, em umsegundo momento, analisar o desenvolvimento do que Lawrence Lessig denominaCultura Remix, ou seja, uma configuração social marcada pela apropriação erecontextualização semiótica típica das novas tecnologias digitais. Sobre o conceitode Lessig, são discutidos os parâmetros estéticos das práticas de remix no âmbitoda cultura de rede através da análise de Eduardo Navas em paralelo com osconceitos de modularidade e remixabilidade de Lev Manovich, aura digital emMichael Betancourt e remix como consumo a partir de Nicolas Bourriaud.Do ponto de vista metodológico, realizou-se um mapeamento e análise de projetosconcebidos para a Internet que discutem os conceitos tratados acima e contribuempara a reconfiguração da noção de autoria na contemporaneidade. São eles:?AfterSherrieLevine.com/AfterWalkerEvans.com?, de Michael Mandiberg, 2001 e?Society of the Spectacle (A Digital Remix)? de Mark Amerika, Trace Reddell e RickSilva, 2004. Tal corpus empírico dividiu-se entre duas categorias propostas porEduardo Navas Remix: Seletivo e Remix Reflexivo. As tipologias de agenciamentosque estes trabalhos sugerem colocam em pauta questões como as relações deprodução e consumo, interatividade, propriedade, controle e micropolítica das redesdigitais, além de apontar para a definição de uma estética e política próprias doentrecruzamento entre cultura de rede e cultura remix
This document abstract is also available in English.
Bibliographical Information:

Advisor:Giselle Beiguelman

School:Pontifícia Universidade Católica de São Paulo

School Location:Brazil

Source Type:Master's Thesis

Keywords:COMUNICACAO Cultura de rede Remix Arte digital Propriedade intelectual Redes computadores -- Protocolos

ISBN:

Date of Publication:07/30/2007

© 2009 OpenThesis.org. All Rights Reserved.