Details

Compreendendo o Ser da pessoa com câncer: suasposturas e possibilidades existenciais

by Siqueira, Karina Machado

Abstract (Summary)
Apesar dos importantes avanços ocorridos nos últimos anos quanto ao diagnóstico e tratamento do câncer essa doença vem se configurando como uma das principais causas de morte no mundo afetando parcela significativa da população O número expressivo de pessoas que buscam as instituições de saúde para o tratamento do câncer nos leva a assumir uma postura reflexiva em relação à forma com que vêm sendo cuidadas pelos profissionais de saúde O desenvolvimento deste estudo teve como propósito desvelar o significado de ser-com-câncer para pacientes oncológicos buscando compreendê-los nesse vivenciar e vislumbrando a descoberta de novos caminhos para o cuidado a essas pessoas Sustentando-me no entendimento de que somente as pessoas que experimentam a situação de adoecer com câncer são capazes de transmitir o sentido e o significado do que estão vivendo optei pela metodologia da pesquisa qualitativa ? modalidade fenomenológica baseada no referencial filosófico de Edmund Husserl A fenomenologia segundo Husserl é a volta ao mundo das experiências vividas pelo sujeito tendo como objetivo o desvelar das essências inerentes ao fenômeno Foram realizadas entrevistas junto a onze pacientes internados em uma instituição de saúde especializada no tratamento do câncer localizada em Goiânia ? GO Todos os pacientes eram adultos e estavam conscientes do diagnóstico Apropriei-me de algumas idéias da ontologia existencial de Martin Heidegger para melhor desenvolver a análise dos dados Pude apreender que o câncer mostra-se ao Ser que vive essa situação de doença como uma experiência difícil saturada de sofrimento e dor O recebimento do diagnóstico revelou-se como um dos piores momentos para o paciente quando vivencia dentre outros sentimentos a angústia diante do desconhecido e o medo da morte Ao aproximar-me do mundo-vida dessas pessoas percebi o quanto o câncer enquanto realidade na vida do Ser pode afetar tanto sua autopercepção e seu comportamento quanto suas relações sociais A partir do momento em que o Ser se depara com a realidade de existir com uma doença grave diversos projetos existenciais tendem a ser anulados ou modificados pela situação vivida Além dos inúmeros sofrimentos provocados pela doença o estigma que envolve o câncer é responsável pela manutenção de preconceitos que aumentam o sofrimento e desgastam a pessoa doente Ao se depararem com a necessidade de conviver com um problema de saúde grave as pessoas buscam em muitos casos formas de enfrentamento que diferem daquelas oferecidas pela medicina convencional dentre estas se destacam as práticas baseadas no saber popular e a religiosidade A confiança no poder divino emergiu de maneira significativa no discurso dos pacientes como possibilidade de fortalecimento e superação A presença de pessoas significativas como familiares e amigos foi considerada importante pelos que vivenciam o estar doente Desvelar o significado de existir com câncer possibilitou-me a compreensão do vivido pela pessoa sinalizando para a necessidade de discutir sentimentos compartilhar suas dores tristezas e preocupações O cuidado a essas pessoas implica em desenvolver a sensibilidade de olhar o Ser como alguém dotado de consciência da situação em que se encontra e que necessita de cuidados direcionados para sua singularidade
This document abstract is also available in English.
Bibliographical Information:

Advisor:Maria Alves Barbosa

School:Universidade Federal de Goiás

School Location:Brazil

Source Type:Master's Thesis

Keywords:cuidados a doentes terminais ENFERMAGEM OncologiaFenomenologiaDoentes terminais-CuidadosCuidados Cuidado e tratamento

ISBN:

Date of Publication:02/16/2006

© 2009 OpenThesis.org. All Rights Reserved.