Details

Comportamento de genótipos de feijão-de-corda sob infestação de pragas

by Leite Moraes, João Gutemberg

Abstract (Summary)
O pulgão-preto (Aphis craccivora Koch, 1854), a cigarrinha-verde (Empoasca sp.) e o manhoso (Chalcodermus bimaculatus Fiedler, 1936) são importantes pragas dofeijão-de-corda [Vigna unguiculata (L.) Walp.] em várias regiões do Nordeste do Brasil, por lhe causarem danos diretos e indiretos. O objetivo desta pesquisa foi avaliar o comportamento de genótipos de feijão-de-corda, em condições de campo esob infestação natural de pragas, quanto à sua preferência de ataque. Para isto, efetuou-se um ensaio em delineamento em blocos ao acaso, cujas repetições variaram, no tempo, de acordo com a praga a ser avaliada. As avaliações eramrealizadas semanalmente. Os tratamentos foram dispostos em parcelas constituídas de cinco fileiras de quatro metros lineares, cada, espaçadas entre si de 0,80m e com cinco plantas por metro linear. Em cada amostragem, avaliavam-se cinco plantas,aleatoriamente, dentro da área útil da parcela (três fileiras centrais). Os dados foram submetidos a uma análise de variância e as médias foram separadas pelo teste de Tukey a 5% de probabilidade de erro. Constatou-se que: em condições de campo os genótipos estudos são igualmente preferidos pelo pulgão-preto, porém em condições protegidas, a cultivar Epace-10 apresenta-se menos preferida ao ataquedo afídeo; a cultivar Vita-7 apresenta resistência do tipo não-preferência ao ataque da cigarrinha-verde; os genótipos Epace-10, Paulistinha, Pitiúba e BRS Marataoã são menos preferidos para alimentação e postura do manhoso em relação à cultivar BR 17-Gurguéia.
This document abstract is also available in English.
Bibliographical Information:

Advisor:Ervino Bleicher; Paulo Henrique Soares da Silva; Francisco Valter Vieira

School:Universidade Federal do Ceará

School Location:Brazil

Source Type:Master's Thesis

Keywords:AGRONOMIA Feijão-de-corda Resistência de planta a insetos

ISBN:

Date of Publication:04/27/2007

© 2009 OpenThesis.org. All Rights Reserved.