Details

Centro de Farmacovigilância do Ceará: análise do perfil de reação adversa a medicamento e queixa técnica

by Francelino, Eudiana Vale

Abstract (Summary)
Os medicamentos são a principal ferramenta terapêutica para a recuperação ou manutenção das condições de saúde da população. Dentre os problemas mais comuns relacionados aos mesmos estão a Reação Adversa a Medicamentos (RAM) e Queixas Técnicas (QT), sendo necessária sua vigilância através do gerenciamento, direcionamento e desenvolvimento de atividades de farmacovigilância mediante a formação de centros colaboradores/notificadores. Avaliar as notificações de RAM e QT enviadas e analisadas pelo Centro de Farmacovigilância do Ceará (CEFACE) durante os seus nove anos de funcionamento voltados para o contexto da saúde pública e do uso racional de medicamentos. Foram coletadas todas as notificações de RAM e QT do banco de dados do CEFACE, durante o período de janeiro/97 a dezembro/05, sendo as seguintes variáveis analisadas: sexo e idade, origem da notificação, notificador, medicamento envolvido, RAM referida, e classificação desta quanto à causalidade e severidade e tipo de RAM segundo Rawlins e Thompson. Quanto à QT, as variáveis foram: origem da notificação, tipo de QT, notificador e medicamento ou material médico envolvido. Foi também realizado um levantamento para identificação na literatura da possibilidade dos excipientes farmacêuticos serem fatores de risco para RAM, utilizando-se como base inicial os 11 medicamentos mais vendidos no mercado brasileiro, no período de novembro/02 a novembro/03 e suas respectivas formulações. Posteriormente foi feita a retirada de casos com envolvimento desses excipientes em estudos de casos clínicos suspeitos. No período de janeiro/97 a dezembro/05, o CEFACE registrou 1.293 notificações. Destas, 1.172 (90,6%) foram casos de RAM e 121 (9,4%) de QT. Houve uma redução significante do envio dessas notificações durante os anos. A maioria das RAM foi referente ao sexo feminino (62,7%) e a faixa etária de 21-30 anos (17,7%). A busca ativa foi o método de notificação com maior percentual (59,3%). 85,6% (RAM) foram de origem hospitalar com percentual de públicos de 81,6%. O grupo terapêutico com maior envolvimento foi o dos antiinfecciosos de uso sistêmico (40%). O sistema da pele (48,5%) destacou-se dentro das RAM referidas. Quanto à causalidade, o maior número de RAM foi do tipo provável (44,1%) e para a severidade destacaram-se as moderadas (52,2%). A maioria foi RAM do tipo A. As RAM graves e fatais também ocorreram. As QT foram de origem hospitalar (n=120), com ênfase para a mudança de coloração (47,1%) e falta de eficácia (22,3%). Foram identificados na literatura 10 excipientes farmacêuticos de risco, sendo 03 responsáveis por RAM coletadas no banco de dados do CEFACE. O estudo de RAM e QT, bem como o estabelecimento de seus fatores condicionantes por um centro de farmacovigilância têm grande importância no contexto da saúde pública e do uso racional de medicamentos. Tanto o profissional notificador, como a população em geral, deve ser incentivado a notificar toda suspeita de RAM e QT aos órgãos responsáveis para que sejam estabelecidas medidas administrativas, dentre elas: a) Retirada de produtos inadequados do mercado; b) Mudanças nas suas bulas e c) Restrição de uso na população. O levantamento na literatura científica demonstra de forma clara que, o envolvimento dos excipientes é um fator de risco para a ocorrência de RAM, possibilitando sua inserção no estudo de causalidade de casos suspeitos.
This document abstract is also available in English.
Bibliographical Information:

Advisor:Marta Maria de França Fonteles; Luciano Lima Correia; Paulo Sergio Dourado Arrais

School:Universidade Federal do Ceará

School Location:Brazil

Source Type:Master's Thesis

Keywords:Uso de medicamentos Sistemas Notificação Reações Adversas a Medicamentos Vigilância Sanitária Serviços Informação sobre Controle e Entorpecentes Preparações Farmacêuticas - efeitos adversos

ISBN:

Date of Publication:01/22/2007

© 2009 OpenThesis.org. All Rights Reserved.