Details

Carmen da Silva: nos caminhos do autobiografismo de uma ?mulheróloga?

by Duarte, Kelley Baptista

Abstract (Summary)
A feminista rio-grandina Carmen da Silva (1919-1985), mais reconhecida no âmbito jornalístico, tentou consolidar o talento de escritora por meio de sua produção literária. O romance Sangue sem dono (1964) apresenta parentesco íntimo com a narrativa autobiográfica e revela a influência da feminista Simone de Beauvoir. As adversidades, as barreiras e os preconceitos que Carmen da Silva enfrentou na sociedade rio-grandina serão relatados na autobiografia Histórias híbridas de uma senhora de respeito (1984). Ao considerar o autobiografismo prenunciado em Sangue sem dono, constata-se que a escritora iniciou sua produção literária sob os novos parâmetros da escrita feminina. A crítica literária canadense contemporânea contribuirá para se comprovar a possibilidade de revisitar a produção de Carmen da Silva. Esta pesquisa propõe recuperar sua trajetória de vida, a partir da análise das ?narrativas do eu?, e trazer à luz a escritora rio-grandina no âmbito da academia.
This document abstract is also available in French.
Bibliographical Information:

Advisor:Nubia Tourrucôo Jacques Hanciau; Raquel Rolando Souza; Maria Bernadette Thereza Velloso Porto

School:Fundação Universidade Federal do Rio Grande

School Location:Brazil

Source Type:Master's Thesis

Keywords:Carmen da Silva LITERATURA BRASILEIRA

ISBN:

Date of Publication:07/01/2005

© 2009 OpenThesis.org. All Rights Reserved.