Details

Campo-relação na clínica do conjugal : reflexões psicanalíticassobre a cultura hoje

by Dias, Andrea Gonçalves

Abstract (Summary)
Este estudo propõe-se a um trabalho reflexivo sobre a conjugalidade, através da investigaçãodas relações conjugais para além do modelo de aliança heterossexual reprodutiva que norteoua vivência da sexualidade e da intimidade na Modernidade. Avalia a perspectiva dedurabilidade das uniões no projeto Romântico em contraponto com a fugacidade das uniõesatuais norteadas por uma lógica de concepção: produção-consumo. Coloca em questão qual acondição de sustentabilidade de uma relação conjugal hoje e sua implicação quanto ao amor.Objetiva investigar o campo da conjugalidade, refletindo sobre sua condição dediferenciação, considerada a criação de novos sentidos no modo de conjugar e constituir arealidade. Discute formas de alteridade e a articulação entre perspectivas teóricas na clínicado casal, tendo como ponto central o método psicanalítico por ruptura de campo sustentadopor articulações teóricas da Teoria dos Campos com intuito de produção de conhecimento.Desenvolve um pensamento da clínica da cultura a partir de três rupturas ocorridas no camposócio-histórico que influenciaram a concepção de conjugalidade hoje: o casamento, ofeminino e a lógica vincular determinada pela Globalização e a Hipermodernidade. Apresentacomo analisadores a noção de Campo e Paradoxo tendo como hipótese a capacidadetransformadora da conjugalidade no difícil jogo entre o uno e o múltiplo a que o projetosocial da atualidade nos institui. Através de um olhar clínico da psique conjugalsingularidades de cada relação foram reveladas e a partir de um recorte de sentidos comunsapreendidos, uma análise da cultura na clínica foi sendo delimitada. Descobriu-se que oprojeto conjugal, ou representação do conjugal em condição de crise, erige umamultiplicidade de sentidos que, paradoxalmente, padroniza as relações e também possibilita aemergência de outra sensibilidade neste campo, ou seja, efetiva uma crítica paradoxal destas.Há a conjugalidade enquanto projeto dos sujeitos na atualidade, porém enquanto indefiniçãodefinida. Tais possibilidades já estão em jogo, pois a alteridade na condição de fragilidadepresente, ainda persiste e insiste. Como se sabe: é no momento de crise que se está destinadoao novo e ao inesperado.
This document abstract is also available in English.
Bibliographical Information:

Advisor:Maria Lucia Castilho Romera; João Luiz Leitão Paravidini; Ana Maria Loffredo

School:Universidade Federal de Uberlândia

School Location:Brazil

Source Type:Master's Thesis

Keywords:Método psicanalítico Alteridade Psicanálise Relações homem-mulher

ISBN:

Date of Publication:09/28/2007

© 2009 OpenThesis.org. All Rights Reserved.