Details

Bioatividade de extratos a uosos de Eucalyptus sp. L'Hér. (Myrtaceae) e Melia azedarach L. (Meliaceae) sobre Musca domestica L. (Diptera, Muscidae)

by Quadro de, Sabrina Rodrigues

Abstract (Summary)
Os extratos de origem vegetal têm sido amplamente estudados visando se obteruma alternativa eficaz e ecologicamente viável para o controle de pragas.O estudode substâncias com bioatividade deterrente seletiva,que atuem sobre ocomportamento,desenvolvimento e performance reprodutiva dos insetos,é deextrema importância,a fim de se evitar os problemas causados pelo uso deinseticidas químicos não seletivos.Baseado na importância de Musca domestica L.(Diptera,Muscidae)devido ao alto potencial de veiculação de patógenos eocorrência em altas populações,e na carência de estudos sobre os efeitos deextratos vegetais sobre os insetos,realizou se o presente estudo,com o objetivo deavaliar a bioatividade deterrente de extratos aquosos de Eucalyptus sp. L'Hér.(Myrtaceae)e Melia azedarach L.(Meliaceae)sobre larvas de M. domestica e ainfluência do extrato aquoso de M. azedarach sobre o comportamento de oviposiçãodesse inseto.ara avaliar a influência dos extratos aquosos de Eucalyptus sp.e M.azedarach sobre larvas de M. domestica foram utilizadas as concentrações de 5 e10%,sendo estabelecidas três réplicas para cada tratamento,além do grupocontrole.Foram utilizadas 50 larvas de primeiro estádio de M. domestica para cadaréplica,sendo os extratos aquosos oferecidos junto ao substrato de alimentação daslarvas,utilizando se água para o grupo controle.As larvas foram acompanhadas atéatingirem o estágio de pupa e emergência dos adultos,sendo estimado o períodolarval;mortalidade larval;período pupal;peso das pupas;mortalidade pupal;razãosexual;peso das fêmeas;número de ovos;investimento reprodutivo;morfometria daasa e tamanho da tíbia e mortalidade total.Com exceção das variáveis,períodolarval e pupal,que tiveram uma redução significativa no tratamento com extratoaquoso a 10%,o fitoextrato de Eucalyptus sp.não influenciou significativamente nasvariáveis analisadas,não interferindo no desenvolvimento de M. domestica oroutro lado,o extrato aquoso de M. azedarach em ambas as concentrações,provocou aumento do período larval,redução de peso das pupas e das fêmeas,redução de tamanho das fêmeas,diminuição do número de ovos e investimentoreprodutivo,maior mortalidade,além de redução do período pupal na concentraçãode 5%,exercendo bioatividade negativa sobre características biométricas emorfométricas,promovendo a redução da performance reprodutiva.A influência doextrato aquoso de M. azedarach a 10%no comportamento de oviposição de M.domestica foi estimada através da oferta simultânea e independente do fitoextratoem sítios de oviposição,sendo estabelecidas três réplicas para cada tratamento.Osresultados revelaram que tanto na oferta isolada como na oferta simultânea,houveredução significativa do número de ovos,aumento do período de pré oviposição,dotempo letal médio e da longevidade das fêmeas,na tentativa de cumprir aperformance reprodutiva,demonstrando a bioatividade deterrente dessa planta.
This document abstract is also available in English.
Bibliographical Information:

Advisor:Paulo Bretanha Ribeiro; Fátima Tereza Alves Beira

School:Universidade Federal de Pelotas

School Location:Brazil

Source Type:Master's Thesis

Keywords:Eucalyptus sp. PARASITOLOGIA Parasitologia Extratos aquosos, Deterrência

ISBN:

Date of Publication:04/23/2008

© 2009 OpenThesis.org. All Rights Reserved.