Details

Azitromicina inibe a infecção por Toxoplasma gondii em oculares de fetos e reduz o parasitismo na infecção congênita e adquirida em modelo experimental de Calomys callosus

by Lopes, Carla Duque

Abstract (Summary)
Toxoplasma gondii é um parasita intracelular obrigatório, amplamente distribuído e quecausa danos graves aos fetos quando são transmitidos durante a gestação e em adultosimunossuprimidos. As drogas mais utilizadas para o tratamento da toxoplasmose são acombinação de medicamentos: sulfadiazina, pirimetamina e ácido folínico. Entretanto,essas drogas demonstram graves efeitos colaterais e, atualmente, a sua eficácia é bastantediscutida na literatura. Outros medicamentos são tidos como alternativos ao tratamento datoxoplasmose adquirida, dentre eles a clindamicina, a atovaquona e a azitromicina. Essaúltima demonstra-se eficaz no combate as formas taquizoítas e bradizoítas,?in vitro?, doparasita e apresenta-se com poucos efeitos colaterais na prática clínica. Neste estudotestamos a eficácia da azitromicina na redução da transmissão congênita de Toxoplasmaanalisando olhos de fetos de Calomys callosus, bem como da infecção adquirida emadultos através da análise do tecido cerebral de fêmeas prenhes e de machosimunocompetentes. Para a avaliação da infecção vertical, fêmeas de C. callosus foraminoculadas, oralmente, com 20 cistos da cepa ME49 de T. gondii no 1º dia de gestação etratadas com os differentes protocolos. Os fetos foram coletados nos dias 15, 17 e 19 degestação-infecção materna. As fêmeas foram divididas em três grupos de tratamento: PBS,azitromicina (300mg/Kg/dia) e a combinação (SPAf) de sulfadiazina (100 ou 75mg/Kg/dia), pirimetamina (100 ou 50mg/Kg/dia) e ácido folínico (15mg/Kg/dia). Osmedicamentos foram administrados oralmente em diferentes dias após a infecção. Asfêmeas foram sangradas no primeiro dia de gestação e no dia do sacrifício para a realizaçãode teste ELISA para confirmar soroconversão. Para análise da infecção adquirida, machosde C. callosus seguiram o mesmo protocolo de infecção e tratamento das fêmeas grávidas,mas por tempos diferentes. Os cérebros maternos e de machos adultos, bem como os olhosdos fetos foram dissecados e embebidos em parafina para análise por imunohistoquímicausando anticorpo policlonal anti-T. gondii. Um dos olhos de fetos sacrificados no 19º diafoi utilizado para a detecção de DNA do parasita pela técnica de PCR em tempo real. Aquantidade de parasitas estava significantemente reduzida em tecido cerebral das fêmeastratadas com azitromicina quando comparados a SPAf ou com veículo. Nas regiõesoculares fetais, não foram detectados parasitas nos animais tratados com azitromicina. Nãohouve diferença na infecção ocular fetal entre os animais tratados com a SPAf ou PBS. Nainfecção adquirida, a azitromicina reduziu a quantidade de parasitas em vacúolosparasitóforos e estruturas como cistos. Nosso trabalho demonstrou a eficácia daazitromicina no combate à infecção ocular congênita, na redução da carga parasitária noscérebros maternos e de machos adultos imunocompetentes mostrando ser uma possívelalternativa no tratamento da toxoplasmose.
This document abstract is also available in English.
Bibliographical Information:

Advisor:Janethe Deolina de Oliveira Pena

School:Universidade Federal de Uberlândia

School Location:Brazil

Source Type:Master's Thesis

Keywords:Infecção congênita adquirida IMUNOLOGIA APLICADA Toxoplasmose

ISBN:

Date of Publication:02/26/2008

© 2009 OpenThesis.org. All Rights Reserved.