Details

ATIVIDADE INSETICIDA E FUNGICIDA DO EXTRATO ETANÓLICO DE Pachira aquatica AUBL SOBRE Hypothenemus hampei (FERRARI) E Fusarium sp

by SOUZA LIMA, DANIELLA KARINE

Abstract (Summary)
A broca-do-café, Hypothenemus hampei (Ferrari) (Coleoptera: Scolytidae), é considerada como uma das principais pragas do cafeeiro, atacando frutos em qualquer estádio de maturação. Por possuir um ciclo biológico curto tem grande capacidade deproliferação, instituindo assim um problema fitossanitário em todas as regiões produtoras de café. Esforços iniciais para controlar biologicamente a broca, foram descontinuados frente à popularização dos inseticidas sintéticos. Porém, a utilização indiscriminada destes produtos, gera o alto índice de problemas relacionados ao surgimento de linhagens de insetos resistentes, a destruição total da fauna benéfica e acontaminação ambiental. No entanto, são escassos os trabalhos que visam gerar alternativas para o controle desta praga, e entre elas, está o uso de inseticidas botânicos. O gênero Fusarium é um fungo considerado simbionte para a broca-do-café, por atuar na alimentação e reprodução deste inseto. A presença deste fungo pode ocasionar em doenças patogênicas ao café e possibilitar a produção de micotoxinasaltamente tóxicas à saúde humana. Pachira aquatica (Bombacaceae), é uma planta que possui distribuição geográfica por todas as regiões tropicais do mundo, inclusive no Brasil. Os metabólitos secundários são compostos que desempenham importante papel na interação das plantas com o meio ambiente. Estes compostos possuem ação contraa herbivoria, ataque de microorganismos patogênicos, competição entre plantas, atraem polinizadores e possuem ação protetora ao estresse. Este trabalho teve comoobjetivo avaliar as possíveis atividades biológicas desta planta no controle da broca-docafé e Fusarium sp. No experimento foram utilizadas três partes dos frutos de P. aquatica (fruto sem sementes, tegumento das sementes e sementes) coletados no município de Porto Velho - Rondônia. A extração foi realizada com etanol 95% e submetida a testes de classe de substâncias químicas. Os insetos foram coletados defrutos brocados de café provenientes do Campo Experimental da Embrapa em Porto Velho e Ouro Preto do Oeste. Os ensaios biológicos foram realizados com insetos adultos de H. hampei, testando a atividade inseticida, repelente e fungicida. Os testes inseticidas foram realizados utilizando extratos etanólicos de frutos sem sementes, tegumento das sementes e sementes, nas diferentes concentrações (100, 50, 5, 0,5mg/ml) e diferentes aplicações (exposição em superfície contaminada e aplicação tópica). O teste de repelência foi realizado na concentração de 25 mg/ml. Os testesfungicidas avaliaram a atividade do extrato das sementes frente ao crescimento micelial, esporulação e compatibilidade de Fusarium sp. Os resultados foram submetidos a análise de variância (ANOVA) e comparados pelo teste de Tukey (P?0,01). Os extratos etanólicos das três partes do fruto de P. aquatica apresentaram atividade inseticida sobre a broca-do-café. O extrato das sementes mostrou ação inseticida em todas as concentrações testadas. A aplicação por superfície contaminada apresentou a maior atividade inseticida em relação à aplicação tópica. P. aquatica apresentou repelência sobre a broca-do-café. O extrato das sementes apresentoudiferença significativa no crescimento micelial e esporulação de Fusarium sp. (25mg/ml), quando comparado com o controle. Na avaliação de compatibilidade P.aquatica foi considerado tóxico sobre Fusarium sp.
This document abstract is also available in English.
Bibliographical Information:

Advisor:César Augusto Domingues Teixeira

School:Fundação Universidade Federal de Rondônia

School Location:Brazil

Source Type:Master's Thesis

Keywords:Atividade biológica extratos botânicos controle de pragas PARASITOLOGIA

ISBN:

Date of Publication:03/01/2006

© 2009 OpenThesis.org. All Rights Reserved.