Details

Aspectos do uso de álcool entre alunos iniciando curso naUFMG

by Caldeira Silva, Flavia Antunes

Abstract (Summary)
Este estudo teve por objetivo descrever aspectos do uso de álcool entre estudantes iniciando curso na UFMG. Realizou-se um estudo descritivo com amostra aleatória e representativa de universitários dos cursos das oito áreas de conhecimento da UFMG. Como instrumento,utilizou-se um questionário anônimo de autopreenchimento versando de questões como: idade de acesso ao álcool, freqüência de ingestão, quantidade e tipo de bebida alcoólica consumidos, local de consumo e parceiros mais freqüentes, ocorrência de bebedeira, embriaguez e suas conseqüências. Os dados foram coletados em 2004, de 375 alunos com idade entre 18 e 25 anos, 59,2% do sexo masculino e 40,8% do sexo feminino. Os resultados indicaram que 91,5% já haviam ingerido bebida alcoólica, com uma prevalência de uso na vida igual para homens e mulheres. A idade média de experimentação foi de 14,6anos, sem diferença entre os sexos. A maioria experimentou álcool pela primeira vez em suas vidas, em suas próprias casas, na companhia de amigos ou familiares. O percentual de alunos que relataram beber no mês anterior à pesquisa foi de aproximadamente 70% , dosquais 26,3% relataram uso moderado ou pesado de álcool, sem diferença entre homens e mulheres. O uso compulsivo de álcool foi observado em 28,4% dos alunos e o uso problemático, em 13,5%, sendo que ambos padrões predominaram no sexo masculino.Cerveja/chope foi a bebida mais freqüentemente consumida. Bares, boates e estádios foram os locais preferidos para o consumo de álcool e os amigos e colegas, os principais parceiros. A maioria já se embriagou alguma vez na vida. A conseqüência da embriaguez mais citada pelos estudantes foi perder aula, dia de trabalho ou outro compromisso importante, seguida de dirigir e ter relação sexual desprotegida. Pode-se concluir que um percentual significativode universitários faz uso pesado, compulsivo e problemático de álcool, em concordância com a literatura. Fatores como gênero, classe socioeconômica, situação de moradia, religião, uso de cigarro e idade de experimentação de bebidas alcoólicas estiveram associados a umconsumo maior de álcool em quantidade e freqüência. Estudos subseqüentes são necessários para aprofundamento nas questões do uso de álcool pelos jovens, entre elas, as motivações para o uso e suas finalidades, possibilitando uma melhor compreensão do comportamento dos jovens e contribuindo para a realização de intervenções que previnam ou reduzam os riscos e conseqüências associados ao uso de bebidas alcoólicas.
This document abstract is also available in English.
Bibliographical Information:

Advisor:Roberto Assis Ferreira; ELEUSE MACHADO BRITTO GUIMARÃ?ES; Cristiane de Freitas Cunha

School:Universidade Federal de Minas Gerais

School Location:Brazil

Source Type:Master's Thesis

Keywords:Alcoolismo Teses. DeCS

ISBN:

Date of Publication:02/18/2006

© 2009 OpenThesis.org. All Rights Reserved.