Details

AS VIVÊNCIAS DOS TRABALHADORES DE UMA ORGANIZAÇÃO DE ENTRETENIMENTO: UMA ABORDAGEM PSICOSSOCIOLÓGICA E PSICODINÂMICA

by Dias, Fabiana Ramos

Abstract (Summary)
A dissertação apresenta resultados de uma pesquisa realizada em uma organização queatua no ramo de entretenimento e lazer, localizada em Goiânia-Go. O estudo de casoapresentado teve caráter descritivo e exploratório. A pesquisa teve como objetivo geralverificar como os trabalhadores de uma organização de entretenimento percebiam aorganização e vivenciaram sua interação com ela, tendo como objetivos específicosverificar a percepção em relação à organização do trabalho; às condições de trabalho; àsrelações de trabalho; às vivências de prazer e sofrimento dos trabalhadores e verificarquais as estratégias de enfrentamento foram utilizadas pelos trabalhadores para lidar com osofrimento. Considerando que a referida organização pertencia ao segmento deentretenimento e lazer, partiu-se do pressuposto que a organização do trabalho e ascondições de trabalho propiciariam vivências de prazer nos trabalhadores, uma vez que suafunção era exatamente proporcionar diversão aos clientes. A pesquisa fundamentou-se naabordagem psicodinâmica do trabalho de Dejours e psicossociológica de Enriquez. Foramrealizadas entrevistas semi-estruturadas com dezessete trabalhadores escolhidosintencionalmente, dentre os responsáveis pelo atendimento direto aos clientes. Foramanalisados documentos com informações relativas a normas e código de ética, valores emissão da organização. Os dados foram analisados pela técnica de análise gráfica dodiscurso. Os resultados indicaram uma organização de trabalho com normas rígidas deconduta para os trabalhadores. Observou-se a presença de fatores que geram vivências deprazer, como liberdade e reconhecimento no trabalho, prazer nas relações sócioprofissionais,ambiente de trabalho e chefia, boa remuneração salarial; em relação aosfatores ligados ao sofrimento, houve queixas ligadas à sobrecarga de trabalho e àscondições de trabalho, sendo enfatizados: horário noturno cansativo, pressão interna paracumprimento das metas de vendas, ausência de transporte e de plano de saúde, insegurançaao retornar para casa e condições de trabalho precárias com ruídos altos, ambiente semventilação, temperatura quente, esfumaçado de cigarro e iluminação fraca, gerandodesgaste e adoecimento dos trabalhadores. Diante de tal sofrimento, foram utilizadasestratégias de enfrentamento, como a negação da realidade do trabalho, racionalização eaceleração das cadências. A análise documental indicou uma contradição estrutural entreum discurso oficial no código de ética que adota como fatores importantes para o sucesso aadoção de valores morais e sociais como centrais e práticas de políticas de pessoalideologicamente comprometidas com a lógica do capital e geração de lucro, que abordamos trabalhadores de forma instrumental, pressionando-os com sobrecarga, exploração ealienação dos funcionários.
This document abstract is also available in English.
Bibliographical Information:

Advisor:José Newton Garcia Araújo; ANITA CRISTINA A RESENDE; KÁTIA BARBOSA MACÊDO

School:Universidade Católica de Goiás

School Location:Brazil

Source Type:Master's Thesis

Keywords:Psicodinâmica do Trabalho Psicossociologia, vivências de prazer-sofrimento estratégias enfrentamento

ISBN:

Date of Publication:03/09/2007

© 2009 OpenThesis.org. All Rights Reserved.