Details

Alternativas Para A Auto Sustentabilidade dos Xokleng da Terra Indígena Ibirama

by Sens, Sávio Luis

Abstract (Summary)
os Índios Xokleng da Terra Indígena Ibirama na Região do Alto Vale Doitajaí Estado de Santa Catarina São os Remanescentes de Um Grupo Queoutrora Ocupava as Bordas do Planalto e os Vales Litorâneos no Sul do Brasil Encontram Se Atualmente Confinados em Uma Pequena Reserva Deaproximadamente 14 000 Hectares Cujos Recursos Naturais Estão Bastantedilapidados Parte do Que Resta Deste Patrimônio Foi Investigado Neste Trabalhovisando Encontrar Novas Formas de Auto Sustentabilidade em 8 Meses Depesquisa de Campo Foram Preenchidos 300 Questionários Coletando Se Todosos Dados Referentes Aos Usos e Modos de Preparo de 124 Espécies Medicinais A Identificação Foi Realizada no Museu Botânico Municipal de Curitiba e Osbinômios Botânicos Foram Confrontados Com Informações Obtidas no Banco On Line ?the International Plant Names Index? Também Levantamos Dados Bibliográficos Sobre Cada Uma das Espécies Utilizando os Bancos de Dados On Line do ?institute For Scientific Information? Para a Busca de Informações Sobre Conhecimentos Científicos e Tecnológicos no Período de 1945 a 2001 Selecionando as Referências Sobre Composição Química Bioatividade Particularidades Relevantes Processos de Produção e Outros Estes Bancosindexam 8400 Revistas Científicas e Representam a Nata da Produção Acadêmica Mundial Oferecem Atualmente os Resumos de Quase 25 Milhões de Artigos Científicos e de 12 Milhões de Monografias de Patentes Complementando o Quadro de Informações Sobre as Plantas Medicinais Citadas Pelos Xokleng Conduzimos Uma Revisão em Alguns Compêndios Especializados em Plantas Medicinais das 124 Plantas da Medicina Xokleng 50 São Espécies Exóticas Internacionalmente Conhecidas Como Espécies Medicinaisimportantes Para a Indústria Química e Farmacêutica Além do Eucalyptus Utilizada Como Madeira 16 Delas São Empregadas Como Alimento Para Este Grupo de Plantas Exóticas Foram Recuperados 26 129 Artigos Científicos e 603 Patentes Registadas O Grupo das 74 Espécies Medicinais Brasileiras Inclui 12 Alimentos 18 Árvores da Floresta Atlântica das Quais 7 São Madeiras Para Este Grupo Foram Resgatados Apenas 1 310 Artigos Científicos e 66 Patentes o Que Mostra o Reduzido Interesse Científico por Estes Vegetais Dentre Asespécies Típicas da Região 35 Não Apresentam Nenhum Estudo Químico Ou Farmacológico O Método de Análise Empregado Nesta Pesquisa Revelou Se Eficaz Como Ferramenta Para a Sugestão de Hipóteses de Trabalho de Laboratório Para 15 das 35 Espécies Sem Estudos Científicos Comparando os Dados de Campo Com a Literatura Traçou Se Um Perfil do Potencial da Flora Medicinal dos Xokleng Revelando Um Conjunto de Espécies Vegetais Que Pode Contribuir Significativamente Para a Sustentabilidade da Comunidade e Para Apreservação dos Núcleos Remanescentes da Floresta Atlântica Onde Vivem Como Uma Contribuição Científica Importante Deste Trabalho Enfatizamos a Identificação Botânica das Duas Plantas Medicinais Mais Profundamente Ligadas Às Raízes da Cultura Xokleng o ?tutôlo? Ocotea Pretiosa Mez e o Uiôlo Nhãtâi Psychotria Leiocarpa Mart
Bibliographical Information:

Advisor:Alejandro Martins Rodriguez; Domingos Sávio Nunes; Alejandro Martins Rodriguez; Alexandre de Avila Lerípio; Domingos Sávio Nunes

School:Universidade Federal de Santa Catarina

School Location:Brazil

Source Type:Master's Thesis

Keywords:engenharia de produção índios xokleng etnobotânica medicina tradicional

ISBN:

Date of Publication:03/22/2002

© 2009 OpenThesis.org. All Rights Reserved.