Details

Abordagem da vulnerabilidade e risco de contaminação dos solos por metais pesados em área dos municípios de Pains e Córrego Fundo-MG, baseada nos constituintes dos solos retentores destes metais

by de Moraes, Adriano Fernandes

Abstract (Summary)
Este trabalho apresenta uma proposta de modelo de determinação da vulnerabilidade química dos solos à contaminação por metais pesados (bário, cádmio, chumbo, cromo, cobre, cobalto e zinco). A área é uma porção de 15 km2, situada nos municípios de Pains, Arcos e Córrego Fundo na porção meridional da bacia hidrográfica do rio São Francisco Minas Gerais. Trata-se de uma área heterogênea, sob o ponto de vista de uso do solo, da pedologia, da litologia e da hidrografia. Inicialmente, foi realizado um levantamento bibliográfico para a determinação dos constituintes dos solos retentores dos metais pesados e das metodologias de coleta, preparo e análises laboratoriais das amostras de solo. Na seqüência efeturam-se as coletas e análises laboratoriais: variáveis retentoras dos metais (capacidade de troca catiônica CTC, teores de matéria orgânica MO e de óxidos), determinou-se os teores totais dos metais e fez-se as especiações químicas destes em oito amostras representativas da área de estudo. Os resultados foram manipulados matematicamente de forma a gerar dados relativos que serviram de entrada em um sitema de informações geográficas para geração de mapas de teores de pH e de metais e de mapas de vulnerabilidade química. Os teores dos metais obtidos são preocupantes uma vez que, superam os limites de qualidade e intervenção estabelecidos pela CETESB. Alguns pontos de elevadas concentrações de metais, vistos nos mapas de isoteores, sugerem que a origem destes contaminantes pode relacionar-se com as atividades extrativa e industrial presentes na área. Os gráficos de especiação química mostram que as interações entre os metais e constituintes dos solos são complexas e sugerem que outras variáveis estão envolvidas. Para os argissolos, os mapas de vulnerabilidade química indicaram que áreas onde há maior acúmulo de materiais retentores (áreas planas em cotas baixas) tendem a possuir vulnerabilidades menores enquanto que as vulnerabilidades maiores ocorrem em áreas menos planas e de cotas mais altas. Concluiu-se que o modelo de cálculo de vulnerabilidade química é válido uma vez que contempla os constituintes dos solos retentores de metais. Entretanto, para se abordar os aspectos de restrições de usos dos solos, a existência de riscos ambientais ou mesmo a determinação de valores orientadores, faz-se necessário o levantamento de variáveis relativas e outras classes de vulnerabilidade.
Bibliographical Information:

Advisor:Adolf Heinrich Horn; Cristiane Valeria de Oliveira; Jorge Carvalho de Lena

School:Universidade Federal de Minas Gerais

School Location:Brazil

Source Type:Master's Thesis

Keywords:geologia ambiental minas gerais teses carste solo contaminaã§ã£o pains mg metais pesados

ISBN:

Date of Publication:12/14/2007

© 2009 OpenThesis.org. All Rights Reserved.